Fechar
Publicidade

Domingo, 23 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Comissao da ONU é atacada em Hebron


Do Diário do Grande ABC

12/11/2000 | 18:41


A comitiva da Alta Comissionada da ONU para os Direitos Humanos, Mary Robinson, foi atacada a tiros quando visitava este domingo a cidade dividida de Hebron, na Cisjordânia, segundo a polícia palestina e testemunhos.

Segundo as mesmas fontes, os disparos vinham de um posto militar israelense encarregado da segurança de uma colônia judaica do centro da cidade. Um carro foi atingido por uma bala, conforme as mesmas fontes.

Autoridades da ONU nao puderam ser consultadas para confirmar a notícia. ``Nao estamos a par do incidente, mas vamos nos informar'', disse por sua vez um porta-voz do exército israelense, Yarden Vatikay.

Segundo os termos de um acordo de 1997, concluído sob auspícios de Washington, as tropas israelenses se retiraram de uma parte de Hebron, conservando o controle de 20% da cidade, onde vivem os colonos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Comissao da ONU é atacada em Hebron

Do Diário do Grande ABC

12/11/2000 | 18:41


A comitiva da Alta Comissionada da ONU para os Direitos Humanos, Mary Robinson, foi atacada a tiros quando visitava este domingo a cidade dividida de Hebron, na Cisjordânia, segundo a polícia palestina e testemunhos.

Segundo as mesmas fontes, os disparos vinham de um posto militar israelense encarregado da segurança de uma colônia judaica do centro da cidade. Um carro foi atingido por uma bala, conforme as mesmas fontes.

Autoridades da ONU nao puderam ser consultadas para confirmar a notícia. ``Nao estamos a par do incidente, mas vamos nos informar'', disse por sua vez um porta-voz do exército israelense, Yarden Vatikay.

Segundo os termos de um acordo de 1997, concluído sob auspícios de Washington, as tropas israelenses se retiraram de uma parte de Hebron, conservando o controle de 20% da cidade, onde vivem os colonos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;