Fechar
Publicidade

Domingo, 28 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Bairros só têm água na madrugada em Mauá

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Moradores de quatro localidades têm enfrentado problemas no fornecimento desde abril


Bia Moço
Especial para o Diário

22/09/2017 | 07:00


 Moradores de pelo menos quatro bairros de Mauá têm enfrentado problemas com falhas no abastecimento de água pelo menos desde abril, mas se acentuou nas últimas semanas, e às vezes o que chega nas torneiras é um fio.

A situação levou moradores do Jardim Primavera a se juntar para cobrar solução junto à administração municipal. Na semana passada, porém, a água acabou de vez e só depois de sete dias ouviram que as caixas recebiam água. Os outros bairros afetados são Jardim Camila, São Judas e São Jorge.

De acordo com a comerciante Terezinha Gomes de Lima, 66 anos, antes o abastecimento chegava durante a madrugada, mas às 7h já não havia água da rua. Ainda assim, era possível seguir até o dia seguinte com o que tinha armazenado. “Agora recebemos água uma vez por semana, mas nunca chega nas caixas, pois, além de mandarem pouca, não tem força para chegar nas caixas. Fora isso, recebi uma conta de R$ 489, acho que de ar dos canos, porque água mesmo não chega, e não uso.”

“Às três horas da manhã de hoje (ontem) acordei com o barulho da água. Levantei correndo para encher baldes, vasilhas e garrafas. Só que às 7h já tinha parado de chegar, e aí vamos ficar uns três dias usando o que armazenamos. Estou cansado de tomar banho na casa de parentes", reclamou Vanderlei Sabino Junior, 46 anos.

Não é diferente com Cléia Mota, 40 anos. Proprietária de um pet shop, ela contou que seu faturamento vem do banho em animais, mas que sem água está quase impossível trabalhar. “Normalmente o abastecimento, se é que podemos chamar assim, chega na segunda-feira. Fiz várias gambiarras, dou banho nos cachorros de caneca com o que guardo nos galões, mas estamos ficando sem clientes.”

Questionada, a Sama (Saneamento Básico do Município de Mauá), informou, em nota, que o alto consumo da população durante o dia, em decorrência do calor, baixa o nível dos reservatórios, o que afeta algumas regiões, sobretudo as mais altas. No entanto, esclarece: “Não procede a informação de que não há abastecimento no Jardim Primavera. Podem ocorrer intermitências, mas nunca superior a 24 horas. Mas durante a madrugada, quando diminui a demanda, os reservatórios são reabastecidos normalmente, e a água chega a todas as residências.”



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;