Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Programa de inspeção pode reprovar 250 mil veículos no ABC


Samir Siviero
Do Diário do Grande ABC

04/10/2003 | 18:07


Cerca de 250 mil veículos podem deixar as ruas do Grande ABC com a implementação da ITV (Inspeção Técnica Veicular), que está sendo discutida por uma comissão interministerial em Brasília e deve ser colocada em prática até o fim de 2004. Com uma frota de mais de um milhão de veículos, entre caminhões, ônibus, carros de passeio e motos, a região, a exemplo da Região Metropolitana de São Paulo, pode se beneficiar com redução de até 30% nos níveis de poluição atmosférica.

As estatísticas de países onde a inspeção funciona mostram que 20% da frota é reprovada na primeira vistoria, o que força a regularização dos veículos.

O gerente da Divisão de Engenharia e Fiscalização de Veículo da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental), Manoel Paulo de Toledo, acredita que inicialmente cerca de 25% dos veículos em circulação no país devem sair das ruas.

A inspeção tem dois objetivos: diminuir a emissão de poluentes e reduzir acidentes de trânsito. Até novembro, a comissão deve fechar um relatório para que o processo caminhe, vire lei, edital e licitação.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Programa de inspeção pode reprovar 250 mil veículos no ABC

Samir Siviero
Do Diário do Grande ABC

04/10/2003 | 18:07


Cerca de 250 mil veículos podem deixar as ruas do Grande ABC com a implementação da ITV (Inspeção Técnica Veicular), que está sendo discutida por uma comissão interministerial em Brasília e deve ser colocada em prática até o fim de 2004. Com uma frota de mais de um milhão de veículos, entre caminhões, ônibus, carros de passeio e motos, a região, a exemplo da Região Metropolitana de São Paulo, pode se beneficiar com redução de até 30% nos níveis de poluição atmosférica.

As estatísticas de países onde a inspeção funciona mostram que 20% da frota é reprovada na primeira vistoria, o que força a regularização dos veículos.

O gerente da Divisão de Engenharia e Fiscalização de Veículo da Cetesb (Companhia de Tecnologia de Saneamento Ambiental), Manoel Paulo de Toledo, acredita que inicialmente cerca de 25% dos veículos em circulação no país devem sair das ruas.

A inspeção tem dois objetivos: diminuir a emissão de poluentes e reduzir acidentes de trânsito. Até novembro, a comissão deve fechar um relatório para que o processo caminhe, vire lei, edital e licitação.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;