Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Falso bombeiro é preso em S.Caetano


Mário César de Mauro
Da Redaçao

03/09/2000 | 19:06


O falso tenente dos bombeiros José Maurício Navarro Monteiro, 27 anos, foi detido na unidade do Corpo de Bombeiros da Vila Barcelona, em Sao Caetano, por volta das 14h deste sábado. Ele foi surpreendido quando visitava o local fardado de oficial da PM. Na residência de Monteiro, a polícia encontrou e apreendeu diversas peças de uniforme policial.

Monteiro afirmou à polícia que foi motivado por um sonho adolescente, e por isso, costumava se fantasiar e apresentar-se como militar. "Ele apareceu algumas vezes e ficava conversando conosco. Dizia que trabalhava em Sao Paulo", afirmou um bombeiro de Sao Caetano, que nao quis se identificar.

Os bombeiros chegaram a desconfiar do falso oficial, que se apresentava como tenente, mas usava um cinto de soldado. "Decidimos que, quando ele aparecesse novamente, chamaríamos o oficial de área para confirmar o título que afirmava ter", explicou um bombeiro.

Neste sábado, quando Monteiro chegou para mais uma visita, o tenente Arthur Bicudo desmascarou o impostor. "Fiz algumas perguntas simples sobre cursos e ele nao soube responder; ainda inventou que realizou dois aperfeiçoamentos em um período que só é possível fazer um", afirmou Bicudo.

O tenente deu voz de prisao e encaminhou Monteiro para o 1º DP de Sao Caetano. Na seqüência, a delegada plantonista Telma Violi Preto registrou o flagrante e solicitou que investigadores revistassem a residência do falso militar, no Centro da cidade.

No apartamento em que Monteiro vivia com a mulher, foram encontrados uniformes de soldado, cabo, sargento e tenente da PM. Em depoimento à polícia, ele afirmou que adquiriu as roupas na avenida Tiradentes, na capital.

Segundo a polícia, a mulher do impostor também desconhecia a falsa identidade do marido. "Em fotos do casamento que estavam na residência, ele (Monteiro) aparecia com uniforme da corporaçao. Ela disse que nao sabia de nada e se mostrou surpresa com o fato", disse Bicudo.

Monteiro está preso na Cadeia Pública de Sao Caetano e foi indiciado por falsa identidade e usurpaçao de funçao pública.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Falso bombeiro é preso em S.Caetano

Mário César de Mauro
Da Redaçao

03/09/2000 | 19:06


O falso tenente dos bombeiros José Maurício Navarro Monteiro, 27 anos, foi detido na unidade do Corpo de Bombeiros da Vila Barcelona, em Sao Caetano, por volta das 14h deste sábado. Ele foi surpreendido quando visitava o local fardado de oficial da PM. Na residência de Monteiro, a polícia encontrou e apreendeu diversas peças de uniforme policial.

Monteiro afirmou à polícia que foi motivado por um sonho adolescente, e por isso, costumava se fantasiar e apresentar-se como militar. "Ele apareceu algumas vezes e ficava conversando conosco. Dizia que trabalhava em Sao Paulo", afirmou um bombeiro de Sao Caetano, que nao quis se identificar.

Os bombeiros chegaram a desconfiar do falso oficial, que se apresentava como tenente, mas usava um cinto de soldado. "Decidimos que, quando ele aparecesse novamente, chamaríamos o oficial de área para confirmar o título que afirmava ter", explicou um bombeiro.

Neste sábado, quando Monteiro chegou para mais uma visita, o tenente Arthur Bicudo desmascarou o impostor. "Fiz algumas perguntas simples sobre cursos e ele nao soube responder; ainda inventou que realizou dois aperfeiçoamentos em um período que só é possível fazer um", afirmou Bicudo.

O tenente deu voz de prisao e encaminhou Monteiro para o 1º DP de Sao Caetano. Na seqüência, a delegada plantonista Telma Violi Preto registrou o flagrante e solicitou que investigadores revistassem a residência do falso militar, no Centro da cidade.

No apartamento em que Monteiro vivia com a mulher, foram encontrados uniformes de soldado, cabo, sargento e tenente da PM. Em depoimento à polícia, ele afirmou que adquiriu as roupas na avenida Tiradentes, na capital.

Segundo a polícia, a mulher do impostor também desconhecia a falsa identidade do marido. "Em fotos do casamento que estavam na residência, ele (Monteiro) aparecia com uniforme da corporaçao. Ela disse que nao sabia de nada e se mostrou surpresa com o fato", disse Bicudo.

Monteiro está preso na Cadeia Pública de Sao Caetano e foi indiciado por falsa identidade e usurpaçao de funçao pública.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;