Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 24 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

CPTM paga dívida com a prefeitura de Mauá


Gislayne Jacinto
Do Diário do Grande ABC

30/04/2005 | 18:09


A Prefeitura de Mauá fechou nesta semana acordo com a CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) que devia ao município R$ 8 milhões de impostos. O prefeito interino  Diniz Lopes (PL) diz que parte do recurso será usado para pagar até o fim do ano o abono de R$ 340 aos 5,9 mil servidores e que custará aos cofres públicos R$ 7 milhões.

O prefeito interino afirma  que acordos como esse devem ser feitos com outros grandes devedores de impostos. A CPTM foi atraída pelo programa de recuperação de créditos que perdoa juros e multas.

Diniz revela que a CPTM depositou R$ 1,52 milhão na conta da Prefeitura na terça-feira e vai pagar outras 60 parcelas de R$ 105 mil.

A dívida refere-se a débitos atrasados de IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) relativos aos exercícios de 2002, 2003 e 2004. A CPTM não deu retorno para comentar o acordo.

A Prefeitura também tenta negociar com a Eletropaulo a dívida de R$ 15 milhões. No entanto, neste caso, a Prefeitura também deve para a empresa de energia e ambas têm a intenção de fechar um acordo.

Desde que o programa de recuperação de créditos foi criado, em fevereiro, mais de R$ 3 milhões entraram nos cofres municipais. A lei tem validade de 90 dias e estará em vigor até a próxima terça-feira. Mas há uma expectativa de que o prefeito interino envie à Câmara projeto de lei prorrogando o prazo por mais 90 dias.

Sexta-feira, a Prefeitura ficou lotada de contribuintes inadimplentes. As filas eram enormes na Praça de Atendimento. A inadimplência com o pagamento de imposto na cidade é de 44%.

O IPTU é um dos que libera a inadimplência. Deixam de entrar nos cofres municipais R$ 8 milhões por ano.

A dívida ativa da cidade é de R$ 200 milhões e a administração Diniz Lopes quer recuperar pelo menos 10% deste montante. Parte do dinheiro também será usado no pagamento do abono ao funcionalismo.


Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;