Fechar
Publicidade

Domingo, 16 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Famílias do DER ameaçam resistir à desocupar alojamento da CDHU


Do Diário do Grande ABC

26/07/2005 | 08:13


Tem causado polêmica a intenção da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) de remover famílias de um alojamento provisório no bairro DER, em São Bernardo. É que a estatal quer retirar 31 famílias do local para transformar a área em estacionamento de um conjunto de apartamentos. Os moradores temem ser removidos para outro bairro e ameaçam resistir à desocupação. A estatal garantiu que todas as famílias vão ocupar um dos 70 apartamentos a serem entregues no próximo mês.

O presidente da Associação Comunitária do DER, Luiz Antão da Silva, 47 anos, diz que em reunião com a CDHU os moradores teriam sido avisados que devem desocupar a área até sábado. Os não-contemplados com apartamentos teriam de ir para o alojamento ou buscar outra área para morar.

O metalúrgico Antônio Aldecir Carneiro Alves, 39 anos, afirma que só deixará o local se for "ressarcido". "A construção dos apartamentos demorou tanto que construi minha casa em alvenaria." Embora esteja cadastrado no programa da CDHU, Alves diz ter gasto R$ 20 mil na construção.

O metalúrgico disse não entender o critério de distribuição dos apartamentos. Segundo ele, famílias que moram no bairro há menos tempo teriam sido contempladas antes. A ocupação da área, de 173 mil m², teve início há 20 anos.

A companhia negou ter estipulado prazo para que as famílias deixem o local e garantiu priorizar as que têm mais tempo de cadastro. A CDHU informou que outras 80 famílias que ocupam a área vão para os 40 apartamentos que restarem dos 70 que serão entregues no mês que vêm e que as demais, para 42 novos apartamentos a serem entregues em março de 2006.

A CDHU já entregou 429 apartamentos no bairro. Cada unidade – dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro – tem 43 m². Cada família tem 25 anos para pagar o imóvel e a prestação varia conforme a renda.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Famílias do DER ameaçam resistir à desocupar alojamento da CDHU

Do Diário do Grande ABC

26/07/2005 | 08:13


Tem causado polêmica a intenção da CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano) de remover famílias de um alojamento provisório no bairro DER, em São Bernardo. É que a estatal quer retirar 31 famílias do local para transformar a área em estacionamento de um conjunto de apartamentos. Os moradores temem ser removidos para outro bairro e ameaçam resistir à desocupação. A estatal garantiu que todas as famílias vão ocupar um dos 70 apartamentos a serem entregues no próximo mês.

O presidente da Associação Comunitária do DER, Luiz Antão da Silva, 47 anos, diz que em reunião com a CDHU os moradores teriam sido avisados que devem desocupar a área até sábado. Os não-contemplados com apartamentos teriam de ir para o alojamento ou buscar outra área para morar.

O metalúrgico Antônio Aldecir Carneiro Alves, 39 anos, afirma que só deixará o local se for "ressarcido". "A construção dos apartamentos demorou tanto que construi minha casa em alvenaria." Embora esteja cadastrado no programa da CDHU, Alves diz ter gasto R$ 20 mil na construção.

O metalúrgico disse não entender o critério de distribuição dos apartamentos. Segundo ele, famílias que moram no bairro há menos tempo teriam sido contempladas antes. A ocupação da área, de 173 mil m², teve início há 20 anos.

A companhia negou ter estipulado prazo para que as famílias deixem o local e garantiu priorizar as que têm mais tempo de cadastro. A CDHU informou que outras 80 famílias que ocupam a área vão para os 40 apartamentos que restarem dos 70 que serão entregues no mês que vêm e que as demais, para 42 novos apartamentos a serem entregues em março de 2006.

A CDHU já entregou 429 apartamentos no bairro. Cada unidade – dois dormitórios, sala, cozinha e banheiro – tem 43 m². Cada família tem 25 anos para pagar o imóvel e a prestação varia conforme a renda.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;