Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 19 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Para Dedé, encontro com Saulo não incomoda governo


Cynthia Tavares
do Diário do Grande ABC

23/07/2011 | 07:26


O vice-prefeito de Ribeirão Pires, Edinaldo de Menezes, o Dedé (PPS), afirmou que não há motivos para o grupo governista ficar incomodado com a visita que o vereador Saulo Benevides (PV) fez em seu gabinete nesta semana. O parlamentar é o principal adversário político do chefe do Executivo, Clóvis Volpi (PV).

Nos bastidores comenta-se que o encontro não foi bem visto pelos caciques dos partidos aliados. "Não tem nada para eles acharem, pois ele (Saulo) veio falar com o vice-prefeito. Eu sou do PPS e não de outro partido", afirmou Dedé.

O vice não fez questão de esconder que esteve com o colega. O popular-socialista postou nota em sua página num site de relacionamento sobre a reunião, destacando que o principal assunto da conversa foi sucessão municipal. "Tenho trabalho para atrair o Saulo para nosso projeto político. Nosso diálogo foi para deixar as portas abertas", declarou o vice-prefeito.

Benevides reiterou o discurso do colega. "Abri as portas, pois quero que ele componha comigo. Há possibilidade de uma chapa forte, caso tenha consenso lá na frente. Não o vejo como candidato do Volpi, até por isso que nós sentamos e conversamos", analisou o vereador, pré-candidato ao Paço.

O comentário que mais se escutou na cidade ontem era de que a atitude do Dedé serve para pressionar o chefe do Executivo a anunciar logo o candidato governista para a corrida eleitoral do ano que vem. Volpi está dividido entre Dedé e o secretário de governo, Nonô Nardelli (PR). Especula-se que o atual vice não aposta suas fichas que será o indicado e por isso ele já teria começado suas articulações extra-governo.

Nardelli não quis comentar sobre o encontro, mas ressaltou sua postura de trabalhar pelo seu nome dentro do grupo. "Minha posição é a mesma. Faço parte de uma aliança de partidos e só sou candidato se o prefeito assim resolver", salientou o republicano.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;