Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 20 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Bancários protestam contra o HSBC


Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

12/12/2007 | 07:06


A nova agência do HSBC, na rua Marechal Deodoro, em São Bernardo, recebeu uma manifestação de bancários na manhã desta terça contra as demissões que ocorreram nos últimos dias em postos da instituição no Grande ABC.

Na última semana, sete pessoas na região foram dispensadas, além dos cinco trabalhadores de agências no último mês e 60 de um setor administrativo.

O ato em São Bernardo foi uma panfletagem para os clientes e pedestres que passavam na região, explicando os problemas que ocorrem com a categoria.

 “Não há como eles justificarem corte de gastos, pois os demitidos eram os que ganhavam os menores salários dentro da mesma função. E ainda são funcionários antigos que cumpriram todas as metas”, afirma Belmiro Moreira, diretor do Sindicato dos Bancários do ABC.

Segundo a Contraf (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), ligada a CUT (Central Única dos Trabalhadores), neste ano já foram mais de 600 pessoas cortadas da empresa bancária.

As manifestações aconteceram na segunda e terça-feira em diversas cidades do País e na América Latina. “Faz parte de um dia da jornada internacional de lutas, mas, no caso do HSBC, o movimento é mais acirrado por conta das dispensas”, explica Sérgio Siqueira, diretor da confederação.

Para Moreira, as demissões não devem parar, pois em abril deste ano, quando 400 pessoas foram demitidas – 16 no Grande ABC –, o banco havia prometido a confederação que não haveria cortes.

Banco - O HSBC, por meio de sua assessoria de imprensa, afirma que não está realizando demissões em massa. As dispensas fazem parte de ajustes de recursos humanos da empresa conforme a estratégia adotada pela instituição. 


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bancários protestam contra o HSBC

Luciele Velluto
Do Diário do Grande ABC

12/12/2007 | 07:06


A nova agência do HSBC, na rua Marechal Deodoro, em São Bernardo, recebeu uma manifestação de bancários na manhã desta terça contra as demissões que ocorreram nos últimos dias em postos da instituição no Grande ABC.

Na última semana, sete pessoas na região foram dispensadas, além dos cinco trabalhadores de agências no último mês e 60 de um setor administrativo.

O ato em São Bernardo foi uma panfletagem para os clientes e pedestres que passavam na região, explicando os problemas que ocorrem com a categoria.

 “Não há como eles justificarem corte de gastos, pois os demitidos eram os que ganhavam os menores salários dentro da mesma função. E ainda são funcionários antigos que cumpriram todas as metas”, afirma Belmiro Moreira, diretor do Sindicato dos Bancários do ABC.

Segundo a Contraf (Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Financeiro), ligada a CUT (Central Única dos Trabalhadores), neste ano já foram mais de 600 pessoas cortadas da empresa bancária.

As manifestações aconteceram na segunda e terça-feira em diversas cidades do País e na América Latina. “Faz parte de um dia da jornada internacional de lutas, mas, no caso do HSBC, o movimento é mais acirrado por conta das dispensas”, explica Sérgio Siqueira, diretor da confederação.

Para Moreira, as demissões não devem parar, pois em abril deste ano, quando 400 pessoas foram demitidas – 16 no Grande ABC –, o banco havia prometido a confederação que não haveria cortes.

Banco - O HSBC, por meio de sua assessoria de imprensa, afirma que não está realizando demissões em massa. As dispensas fazem parte de ajustes de recursos humanos da empresa conforme a estratégia adotada pela instituição. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;