Fechar
Publicidade

Domingo, 13 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Estrela de Mauá sofre atentado no Jardim Zaíra

Ricardo Trida/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Cadu Proieti
do Diário do Grande ABC

17/04/2013 | 07:00


Criminosos invadiram no fim da tarde de ontem a garagem da empresa de ônibus Estrela de Mauá, localizada no Jardim Zaíra 4, em Mauá. Segundo funcionários que estavam no local, a ação teve a participação de pelo menos quatro homens encapuzados, com coletes à prova de balas e munidos de fuzil. A ação aconteceu por volta das 17h.

De acordo com o relato dos trabalhadores, o grupo entrou pela portaria principal, rendeu o vigilante e seguiu até o escritório, que fica na parte de cima do terreno. Lá, os homens tentaram arrombar a sala onde funciona a contabilidade da empresa, mas não obtiveram sucesso. Antes de deixarem a empresa, os bandidos atiraram contra o segundo andar do prédio, onde funciona os escritórios da diretoria, e fugiram sem levar nada.

O caso foi registrado no 4º DP (Jardim Zaíra), onde serão apuradas as motivações e os autores do atentado. "Acho estranho entrarem encapuzados na garagem de uma empresa que nem está operando e não levarem um centavo. Me parece que a ideia foi nos amedrontar, coisa orquestrada. Agora, vamos pensar com calma e reforçar a segurança. A primeira coisa a ser feita é contabilizar o prejuízo", disse o presidente da Estrela de Mauá, David Barioni Neto.

BRIGA JUDICIAL

Desde o fim de 2008, há uma briga judicial envolvendo a operação do Lote 2 do transporte municipal de Mauá. Na ocasião, foi lançada a licitação para a concessão - participavam Leblon, Estrela e Transmauá. Inicialmente, a Leblon havia sido eliminada. Posteriormente, a companhia paranaense foi reabilitada após recurso, alegando que as concorrentes não apresentaram atestado de capacidade técnica. Em julho do ano passado, o STJ (Superior Tribunal de Justiça) reabilitou as concorrentes. Em janeiro, a Justiça suspendeu o contrato emergencial assinado no fim de dezembro entre a Prefeitura de Mauá e a Viação Estrela de Mauá.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;