Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Parlamento japonês aprova projeto de lei para reiniciar missão afegã


Da AFP

13/11/2007 | 09:17


A Câmara dos Deputados do Parlamento japonês aprovou nesta terça-feira um projeto de lei que pretende reiniciar a missão militar de apoio às forças sob comando americano no Afeganistão, mas o texto ainda pode ser vetado no Senado, onde a oposição tem maioria.

O novo texto propõe a renovação por mais um ano da missão no Oceano Índico de fornecimento de combustível aos navios e aviões dos 11 países da coalizão internacional, liderada pelos Estados Unidos e que atua no Afeganistão na guerra contra o terrorismo.

O primeiro-ministro nipônico Yasuo Fukuda, que esperava o prolongamento da missão por parte do Parlamento antes da expiração da lei anterior, no dia 1º de novembro, enfrenta a oposição do Partido Democrata do Japão, que venceu as eleições para o Senado em julho.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Parlamento japonês aprova projeto de lei para reiniciar missão afegã

Da AFP

13/11/2007 | 09:17


A Câmara dos Deputados do Parlamento japonês aprovou nesta terça-feira um projeto de lei que pretende reiniciar a missão militar de apoio às forças sob comando americano no Afeganistão, mas o texto ainda pode ser vetado no Senado, onde a oposição tem maioria.

O novo texto propõe a renovação por mais um ano da missão no Oceano Índico de fornecimento de combustível aos navios e aviões dos 11 países da coalizão internacional, liderada pelos Estados Unidos e que atua no Afeganistão na guerra contra o terrorismo.

O primeiro-ministro nipônico Yasuo Fukuda, que esperava o prolongamento da missão por parte do Parlamento antes da expiração da lei anterior, no dia 1º de novembro, enfrenta a oposição do Partido Democrata do Japão, que venceu as eleições para o Senado em julho.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;