Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 24 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Bando sequestra família de gerente e rouba meio milhão

Funcionário de banco foi mantido em cativeiro para facilitar entrada de criminosos em Mauá


Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

08/01/2014 | 07:00


Pelo menos quatro integrantes de uma quadrilha sequestraram a família de um dos gerentes da agência do Centro de Mauá do banco Santander para invadir o local na manhã de ontem e roubar aproximadamente R$ 540 mil dos cofres.

O caso foi registrado no 1º DP (Centro). Na noite de segunda-feira, por volta das 19h, a vítima, de 29 anos, retornava para sua residência, na Vila Magini, após um dia de trabalho, quando foi rendido por dois criminosos armados que lhe aguardavam na rua.

Dentro da casa, outros dois integrantes da quadrilha, também fortemente armados, já haviam rendido 11 familiares do gerente que estavam no imóvel no momento da ação.

De forma ameaçadora, os suspeitos afirmaram saber que a vítima era funcionária do Santander, tinha chave da agência e que a obrigou a ajudá-los a roubar o banco. Caso contrário, sua família seria assassinada.

Sem alternativas, o gerente concordou. E assim, por volta das 22h30, ele, sua mulher, irmã e uma amiga foram colocados em um Honda Civic preto onde foram levados a um cativeiro, em lugar desconhecido.

Assim que amanheceu, por volta das 7h30, três criminosos do bando voltaram a colocar as vítimas em um veículo, desta vez um Hyundai IX35 prata que seguiu de volta para a casa do gerente. As três mulheres foram deixadas no local junto de dois dos homens e o restante seguiu com a vítima para a agência bancária.

O gerente chegou cedo e encontrou apenas os quatro vigias da agência, que foram rendidos e tiveram arma e munição roubadas. Assim que os funcionários chegavam, a vítima os recepcionava e os entregava aos acusados, que os mantinha reféns no banheiro do local.

O bando aguardou a chegada de outro gerente, responsável pelo cofre, para efetuar o roubo.

 Um dos criminosos colocou as três mulheres da família da vítima em um veículo por volta das 9h40. Elas foram liberadas às 10h, na Estrada do Carneiro, divisa com Ribeirão Pires.

A polícia usará imagens das câmeras de segurança para tentar identificar os autores. A ação não é inédita. Em 2013, um funcionário da mesma agência também teve a família sequestrada em roubo de modelo semelhante. Há a suspeita da participação de empregados. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bando sequestra família de gerente e rouba meio milhão

Funcionário de banco foi mantido em cativeiro para facilitar entrada de criminosos em Mauá

Rafael Ribeiro
Do Diário do Grande ABC

08/01/2014 | 07:00


Pelo menos quatro integrantes de uma quadrilha sequestraram a família de um dos gerentes da agência do Centro de Mauá do banco Santander para invadir o local na manhã de ontem e roubar aproximadamente R$ 540 mil dos cofres.

O caso foi registrado no 1º DP (Centro). Na noite de segunda-feira, por volta das 19h, a vítima, de 29 anos, retornava para sua residência, na Vila Magini, após um dia de trabalho, quando foi rendido por dois criminosos armados que lhe aguardavam na rua.

Dentro da casa, outros dois integrantes da quadrilha, também fortemente armados, já haviam rendido 11 familiares do gerente que estavam no imóvel no momento da ação.

De forma ameaçadora, os suspeitos afirmaram saber que a vítima era funcionária do Santander, tinha chave da agência e que a obrigou a ajudá-los a roubar o banco. Caso contrário, sua família seria assassinada.

Sem alternativas, o gerente concordou. E assim, por volta das 22h30, ele, sua mulher, irmã e uma amiga foram colocados em um Honda Civic preto onde foram levados a um cativeiro, em lugar desconhecido.

Assim que amanheceu, por volta das 7h30, três criminosos do bando voltaram a colocar as vítimas em um veículo, desta vez um Hyundai IX35 prata que seguiu de volta para a casa do gerente. As três mulheres foram deixadas no local junto de dois dos homens e o restante seguiu com a vítima para a agência bancária.

O gerente chegou cedo e encontrou apenas os quatro vigias da agência, que foram rendidos e tiveram arma e munição roubadas. Assim que os funcionários chegavam, a vítima os recepcionava e os entregava aos acusados, que os mantinha reféns no banheiro do local.

O bando aguardou a chegada de outro gerente, responsável pelo cofre, para efetuar o roubo.

 Um dos criminosos colocou as três mulheres da família da vítima em um veículo por volta das 9h40. Elas foram liberadas às 10h, na Estrada do Carneiro, divisa com Ribeirão Pires.

A polícia usará imagens das câmeras de segurança para tentar identificar os autores. A ação não é inédita. Em 2013, um funcionário da mesma agência também teve a família sequestrada em roubo de modelo semelhante. Há a suspeita da participação de empregados. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;