Fechar
Publicidade

Sábado, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Vírus dá ao hacker controle total do PC infectado


Do Diário OnLine

27/02/2003 | 13:17


Uma praga virtual, de origem desconhecida, permite ao hacker ganhar o controle total do computador infectado. O AQL é um cavalo de Tróia que se dissemina por canais de bate-papo, e-mails ou grupos de notícias.

O PC da vítima deste vírus envia mensagens aleatoriamente, executa comandos do ambiente DOS, abre, fecha e toca CDs no drive. Segundo a empresa antivírus McAfee, o AQL também desativa a função de duplo clique do mouse e abre sites específicos sem qualquer comando partindo do computador.

A praga contém dois componentes: o servidor é executado no PC da vítima e o cliente é usado para que o hacker possa conectar e administrar a máquina. Quando executado, o AQL fornece ao pirata uma comunicação via Transmission Control Protocol (TCP), que permite a ele receber comandos enviados pelo componente no computador da vítima.

O AQL não é como a maioria dos cavalos de Tróia, a praga não a se copia para pastas se sistema e nem adiciona chamadas no registro.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vírus dá ao hacker controle total do PC infectado

Do Diário OnLine

27/02/2003 | 13:17


Uma praga virtual, de origem desconhecida, permite ao hacker ganhar o controle total do computador infectado. O AQL é um cavalo de Tróia que se dissemina por canais de bate-papo, e-mails ou grupos de notícias.

O PC da vítima deste vírus envia mensagens aleatoriamente, executa comandos do ambiente DOS, abre, fecha e toca CDs no drive. Segundo a empresa antivírus McAfee, o AQL também desativa a função de duplo clique do mouse e abre sites específicos sem qualquer comando partindo do computador.

A praga contém dois componentes: o servidor é executado no PC da vítima e o cliente é usado para que o hacker possa conectar e administrar a máquina. Quando executado, o AQL fornece ao pirata uma comunicação via Transmission Control Protocol (TCP), que permite a ele receber comandos enviados pelo componente no computador da vítima.

O AQL não é como a maioria dos cavalos de Tróia, a praga não a se copia para pastas se sistema e nem adiciona chamadas no registro.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;