Fechar
Publicidade

Sábado, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Mega da Virada movimenta lotéricas

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Moradores do ABC tentam a sorte nas 165 casas
do tipo na região em busca do prêmio de R$ 280 mi


Yara Ferraz
do Diário do Grande ABC

31/12/2015 | 07:07


O prêmio acumulado em R$ 280 milhões destinado ao vencedor da Mega da Virada, que será sorteada hoje, é objeto dos sonhos da maioria dos brasileiros. A possibilidade de comprar 14 mil carros populares, 14 iates de luxo e 28 residências de alto padrão, por exemplo, elevou o fluxo das 165 casas lotéricas da região ontem e promete movimentar ainda mais os estabelecimentos hoje, quando permanecem abertos até as 14h.

A maior parte das lotéricas do Grande ABC está concentrada entre Santo André e São Bernardo, que mantêm 49 estabelecimentos do tipo cada. Na Rua Coronel Oliveira Lima, no Centro andreense, o movimento era razoável e, quem foi tentar a sorte ontem, conseguiu ser atendido em 10 minutos.

O aposentado Antônio Julião da Silva, 68 anos, está confiante de que será o ganhador do prêmio. “Consegui criar meus quatro filhos e sete netos com sacrifício. Todo ano eu tento a sorte, mas sinto que neste vou ser presenteado. Quero ajudar toda a minha família”, diz.

Já o aposentado Moacir Ribeiro, 65, que aposta três vezes por semana na loteria federal, prefere ganhar a quantia acompanhado. “É muito dinheiro para uma pessoa só. Com R$ 1 milhão eu já conseguiria resolver a minha vida e a da minha família.”

“Quando jovem, fazemos muitos planos com o dinheiro, mas eu queria mesmo ajudar meus filhos e conhecer a Itália. É tanto dinheiro que nem dá para ter noção do que faria. Eu também ajudaria instituições de caridade”, observa a dona de casa Vilma Vicente, 63.

A Lotérica Castelo, no Jardim Zaíra, em Mauá, é conhecida como local de sorte. Isso porque o estabelecimento foi contemplado com os prêmios de R$ 35,5 milhões na Mega da Virada em 2011 e R$ 80,5 milhões em novembro de 2013.

Desde o prêmio de 2011, o segurança Nilton César da Silva, 38, só faz suas apostas semanais na unidade do Zaíra. Ele acredita que terá sorte hoje. “Estou torcendo para que dessa vez eu ganhe. A primeira coisa que vou fazer é dar uma festa enorme, com tudo à vontade para os meus amigos e também para os inimigos. Outra coisa: não vou trabalhar nunca mais”, brinca.

Já o maquinista Miro Gonçalves, 48, tem o sonho da casa própria para a sua família. “Gostaria de melhorar o nosso padrão de vida e mudar do bairro que eu moro atualmente, o Guapituba. Queria ajudar toda a minha família”, contou.

A aposta mínima custa R$ 3,50 e a probabilidade de um apostador acertar as seis dezenas é uma em 50 milhões. Já o valor mínimo para apostar em bolões é R$ 10.

O primeiro sorteio da Mega da Virada foi feito em 2009, quando dois ganhadores dividiram R$ 144,9 milhões. Em 2014, o prêmio de R$ 263 milhões saiu para quatro ganhadores, um de Brasília, dois de São Paulo e um de Santa Rita do Trivelato, no Mato Grosso. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mega da Virada movimenta lotéricas

Moradores do ABC tentam a sorte nas 165 casas
do tipo na região em busca do prêmio de R$ 280 mi

Yara Ferraz
do Diário do Grande ABC

31/12/2015 | 07:07


O prêmio acumulado em R$ 280 milhões destinado ao vencedor da Mega da Virada, que será sorteada hoje, é objeto dos sonhos da maioria dos brasileiros. A possibilidade de comprar 14 mil carros populares, 14 iates de luxo e 28 residências de alto padrão, por exemplo, elevou o fluxo das 165 casas lotéricas da região ontem e promete movimentar ainda mais os estabelecimentos hoje, quando permanecem abertos até as 14h.

A maior parte das lotéricas do Grande ABC está concentrada entre Santo André e São Bernardo, que mantêm 49 estabelecimentos do tipo cada. Na Rua Coronel Oliveira Lima, no Centro andreense, o movimento era razoável e, quem foi tentar a sorte ontem, conseguiu ser atendido em 10 minutos.

O aposentado Antônio Julião da Silva, 68 anos, está confiante de que será o ganhador do prêmio. “Consegui criar meus quatro filhos e sete netos com sacrifício. Todo ano eu tento a sorte, mas sinto que neste vou ser presenteado. Quero ajudar toda a minha família”, diz.

Já o aposentado Moacir Ribeiro, 65, que aposta três vezes por semana na loteria federal, prefere ganhar a quantia acompanhado. “É muito dinheiro para uma pessoa só. Com R$ 1 milhão eu já conseguiria resolver a minha vida e a da minha família.”

“Quando jovem, fazemos muitos planos com o dinheiro, mas eu queria mesmo ajudar meus filhos e conhecer a Itália. É tanto dinheiro que nem dá para ter noção do que faria. Eu também ajudaria instituições de caridade”, observa a dona de casa Vilma Vicente, 63.

A Lotérica Castelo, no Jardim Zaíra, em Mauá, é conhecida como local de sorte. Isso porque o estabelecimento foi contemplado com os prêmios de R$ 35,5 milhões na Mega da Virada em 2011 e R$ 80,5 milhões em novembro de 2013.

Desde o prêmio de 2011, o segurança Nilton César da Silva, 38, só faz suas apostas semanais na unidade do Zaíra. Ele acredita que terá sorte hoje. “Estou torcendo para que dessa vez eu ganhe. A primeira coisa que vou fazer é dar uma festa enorme, com tudo à vontade para os meus amigos e também para os inimigos. Outra coisa: não vou trabalhar nunca mais”, brinca.

Já o maquinista Miro Gonçalves, 48, tem o sonho da casa própria para a sua família. “Gostaria de melhorar o nosso padrão de vida e mudar do bairro que eu moro atualmente, o Guapituba. Queria ajudar toda a minha família”, contou.

A aposta mínima custa R$ 3,50 e a probabilidade de um apostador acertar as seis dezenas é uma em 50 milhões. Já o valor mínimo para apostar em bolões é R$ 10.

O primeiro sorteio da Mega da Virada foi feito em 2009, quando dois ganhadores dividiram R$ 144,9 milhões. Em 2014, o prêmio de R$ 263 milhões saiu para quatro ganhadores, um de Brasília, dois de São Paulo e um de Santa Rita do Trivelato, no Mato Grosso. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;