Fechar
Publicidade

Domingo, 19 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Kuroda, chefe do BC do Japão, aponta melhora nos gastos com consumo



17/04/2017 | 05:27


O presidente do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, disse hoje que os gastos dos consumidores estão ganhando força, demonstrando confiança na economia do país antes da reunião de política monetária da próxima semana.

Em discurso feito durante evento organizado por bancos fiduciários, Kuroda disse que o emprego e salários estão melhorando de forma constante, prevendo que muitas empresas provavelmente elevarão o piso salarial de seus funcionários ao longo do ano fiscal que se encerra em março de 2018.

"Sustentados por esses desdobramentos, os gastos com consumo - que vinham mostrando alguma fraqueza um tempo atrás - estão ganhando força", afirmou Kuroda.

A recuperação do consumo significa muito para o BoJ, já que representa 60% da produção econômica do Japão e sua melhora sustentada é considerada essencial para gerar a inflação de 2% que o BC japonês tem como meta.

De qualquer forma, Kuroda manteve sua visão cautelosa sobre preços, ao dizer que a inflação continua "sem ímpeto" e exige atenção.

O BoJ voltará a rever sua política monetária nos próximos dias 26 e 27, quando também anunciará novas projeções de Produto Interno Bruto (PIB) e de inflação. A expectativa é que a instituição mantenha sua política inalterada. Fonte: Dow Jones Newswires.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Kuroda, chefe do BC do Japão, aponta melhora nos gastos com consumo


17/04/2017 | 05:27


O presidente do Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês), Haruhiko Kuroda, disse hoje que os gastos dos consumidores estão ganhando força, demonstrando confiança na economia do país antes da reunião de política monetária da próxima semana.

Em discurso feito durante evento organizado por bancos fiduciários, Kuroda disse que o emprego e salários estão melhorando de forma constante, prevendo que muitas empresas provavelmente elevarão o piso salarial de seus funcionários ao longo do ano fiscal que se encerra em março de 2018.

"Sustentados por esses desdobramentos, os gastos com consumo - que vinham mostrando alguma fraqueza um tempo atrás - estão ganhando força", afirmou Kuroda.

A recuperação do consumo significa muito para o BoJ, já que representa 60% da produção econômica do Japão e sua melhora sustentada é considerada essencial para gerar a inflação de 2% que o BC japonês tem como meta.

De qualquer forma, Kuroda manteve sua visão cautelosa sobre preços, ao dizer que a inflação continua "sem ímpeto" e exige atenção.

O BoJ voltará a rever sua política monetária nos próximos dias 26 e 27, quando também anunciará novas projeções de Produto Interno Bruto (PIB) e de inflação. A expectativa é que a instituição mantenha sua política inalterada. Fonte: Dow Jones Newswires.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;