Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Convites ao olhar nos Sesis da região do Grande ABC


Everaldo Fioravante
Do Diário do Grande ABC

01/06/2005 | 08:37


Esta quarta é dia de abertura de exposição em três unidades do Sesi (Serviço Social da Indústria) no Grande ABC. Em Santo André e Diadema o foco é na apresentação de fotografias, enquanto em São Caetano o assunto é gravura. As mostras ficam em cartaz até dia 17, com entrada franca.

Olhar Timor traz ao Sesi Santo André (praça Armando de Arruda Pereira, 100. Tel.: 4997-3177) imagens que revelam aspectos humanos e geográficos do Timor Leste, ex-colônia portuguesa que durante 24 anos sofreu com a ocupação militar indonésia e se tornou país independente em 2002, depois de muitos conflitos entre dominantes e dominados.

A mostra é resultado do convite feito a cinco fotógrafos portugueses pelo Instituto Camões, órgão do governo de Portugal voltado à difusão cultural. Adriano Miranda, António Pedro Ferreira, Eduardo Gageiro, Inácio Ludgero e Luiz Carvalho exibem cinco fotos cada.

São registros da cultura daquele país que têm um forte caráter de documento histórico, tendo em vista que o Timor Leste enfrenta nos últimos anos um período de transição política, época marcada pelos esforços do povo para a constituição de um novo Estado.

O fotógrafo e dançarino Gil Grossi é o autor das imagens exibidas no Sesi de Diadema (av. Paranapanema, 1.500. Tel.: 4091-8966) em Momentos e Movimentos, mostra composta por fotografias em preto-e-branco de espetáculos de dança e de teatro.

Para captar as imagens, Grossi utilizou equipamentos modernos, filmes de alta sensibilidade e lentes luminosas, sempre com a intenção de garantir que os retratos preservassem as iluminações originais dos espetáculos.

No Sesi de São Caetano (r. Santo André, 810. Tel.: 4238-1400), a atração é a exibição de obras do premiado gravurista português Bartolomeu dos Santos, trabalhos datados de 1962 a 1992.

A exposição, que também conta com a parceria do Instituto Camões, integra a série Gravadores Portugueses, composta por outra mostra de trabalhos de autoria de David de Almeida e Paula Rego, apresentada recentemente no Sesi de São Caetano.

Bartolomeu dos Santos estudou na Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa, cidade onde nasceu em 1931, e também na Slade School of Fine Art de Londres (Inglaterra), na qual é professor, atividade que já desempenhou como visitante em universidades de uma série de países, como Suécia e Paquistão.

O artista, considerado um mestre na arte da gravura, vem formando diversas gerações e influenciando muitos criadores contemporâneos. Em 2000, ilustrou vários livros do famoso escritor José Saramago, também português. Bartolomeu dos Santos tem obras em acervos de museus de países como França, Estados Unidos e Brasil.

As três exposições são itinerantes e percorrem as unidades do Sesi na Grande São Paulo e no interior. Olhar Timor pode ser visitada de segunda a sábado das 8h às 20h; Momentos e Movimentos de terça a sexta das 9h às 18h e aos sábados e domingos das 9h às 17h; e a exposição de Bartolomeu dos Santos de terça a sexta das 9h às 20h e às segundas das 9h às 17h.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Convites ao olhar nos Sesis da região do Grande ABC

Everaldo Fioravante
Do Diário do Grande ABC

01/06/2005 | 08:37


Esta quarta é dia de abertura de exposição em três unidades do Sesi (Serviço Social da Indústria) no Grande ABC. Em Santo André e Diadema o foco é na apresentação de fotografias, enquanto em São Caetano o assunto é gravura. As mostras ficam em cartaz até dia 17, com entrada franca.

Olhar Timor traz ao Sesi Santo André (praça Armando de Arruda Pereira, 100. Tel.: 4997-3177) imagens que revelam aspectos humanos e geográficos do Timor Leste, ex-colônia portuguesa que durante 24 anos sofreu com a ocupação militar indonésia e se tornou país independente em 2002, depois de muitos conflitos entre dominantes e dominados.

A mostra é resultado do convite feito a cinco fotógrafos portugueses pelo Instituto Camões, órgão do governo de Portugal voltado à difusão cultural. Adriano Miranda, António Pedro Ferreira, Eduardo Gageiro, Inácio Ludgero e Luiz Carvalho exibem cinco fotos cada.

São registros da cultura daquele país que têm um forte caráter de documento histórico, tendo em vista que o Timor Leste enfrenta nos últimos anos um período de transição política, época marcada pelos esforços do povo para a constituição de um novo Estado.

O fotógrafo e dançarino Gil Grossi é o autor das imagens exibidas no Sesi de Diadema (av. Paranapanema, 1.500. Tel.: 4091-8966) em Momentos e Movimentos, mostra composta por fotografias em preto-e-branco de espetáculos de dança e de teatro.

Para captar as imagens, Grossi utilizou equipamentos modernos, filmes de alta sensibilidade e lentes luminosas, sempre com a intenção de garantir que os retratos preservassem as iluminações originais dos espetáculos.

No Sesi de São Caetano (r. Santo André, 810. Tel.: 4238-1400), a atração é a exibição de obras do premiado gravurista português Bartolomeu dos Santos, trabalhos datados de 1962 a 1992.

A exposição, que também conta com a parceria do Instituto Camões, integra a série Gravadores Portugueses, composta por outra mostra de trabalhos de autoria de David de Almeida e Paula Rego, apresentada recentemente no Sesi de São Caetano.

Bartolomeu dos Santos estudou na Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa, cidade onde nasceu em 1931, e também na Slade School of Fine Art de Londres (Inglaterra), na qual é professor, atividade que já desempenhou como visitante em universidades de uma série de países, como Suécia e Paquistão.

O artista, considerado um mestre na arte da gravura, vem formando diversas gerações e influenciando muitos criadores contemporâneos. Em 2000, ilustrou vários livros do famoso escritor José Saramago, também português. Bartolomeu dos Santos tem obras em acervos de museus de países como França, Estados Unidos e Brasil.

As três exposições são itinerantes e percorrem as unidades do Sesi na Grande São Paulo e no interior. Olhar Timor pode ser visitada de segunda a sábado das 8h às 20h; Momentos e Movimentos de terça a sexta das 9h às 18h e aos sábados e domingos das 9h às 17h; e a exposição de Bartolomeu dos Santos de terça a sexta das 9h às 20h e às segundas das 9h às 17h.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;