Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 25 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Entre o cômico e o trágico

Companhia de Danças de Diadema faz pré-estreia de La Vie en Rose???, inspirada em imigrantes


Sara Saar
Especial para o Diário

03/07/2009 | 07:01


Entre movimentos e mímicas que oscilam entre o cômico e o trágico, a Companhia de Danças de Diadema apresenta, em pré-estreia, o espetáculo La Vie en Rose???, de Denise Namora e Michael Bugdahn. Serão três apresentãções, de hoje a domingo, às 20h, no Teatro Clara Nunes.

O título da montagem é inspirado em um clássico francês na voz de Édith Piaf . É grafado propositalmente com três pontos de interrogação, como indicação da autrora de que nem tudo na vida são rosas.

Radicada há cerca de 30 anos na França, a brasileira Denise Namura se baseou na experiência de imigrante, que compartilha com o alemão Michael Bugdahn - sócio na Compagnie À Fleur de Peau -, para desenvolver uma coreografia exclusiva, a convite da diretora Ana Bottosso. Histórias dos bailarinos de Diadema também contribuíram para a concepção dos passos.

"Em meados de abril e início de maio, tivemos trabalho intenso. Foram cerca de 26 dias seguidos de ensaio, período em que os coreógrafos permaneceram Brasil. Uma corrida contra o tempo", revela Ana.

Com músicas francesas que, pouco a pouco, se misturam às brasileiras, a trilha também convida a plateia a fazer uma viagem repleta de emoções pela cultura dos países. "É o trajeto da Denise conosco. O grupo já havia tido contato com ela duas vezes em workshops. Também aproveitamos as comemorações do ano da França no Brasil", lembra.

O cenário é composto, basicamente, por livros e roupas, além de um leãozinho em pelúcia que recebe o nome de João. "Em um laboratório, Denise pediu para trazermos de casa objetos que gostávamos muito. O bailarino Ivan Bernardelli trouxe esse bichinho, que foi selecionado. Falamos sempre que ele é o 12º bailarino do grupo", brinca.

Em tons de marron, o figurino despojado, procura passar a ideia de um vestuário antigo, tendo em vista que o espetáculo remete a lembranças, identidades e caminhos que se cruzam.

O espetáculo tem uma hora de duração e a estreia oficial será realizada de 31 de julho a 2 de agosto, no Teatro do Sesc Pinheiros, em São Paulo. (supervisão de Gislaine Gutierre)

La Vie en Rose??? - Dança-teatro. De hoje a domingo, às 20h. No Teatro Clara Nunes - Rua Graciosa, 300, Diadema. Tel.: 4056-3366. Entrada franca.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;