Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Casa de grande porte desaba no Jardim Itapark, em Mauá; veja o vídeo

Claudinei Plaza/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Imóvel desmoronou completamente e atingiu garagem ao lado sem deixar feridos; moradores conseguiram sair antes de tudo ir ao chão


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

22/08/2020 | 15:10


Atualizada às 17h37

Uma casa de grande porte desabou no início da tarde deste sábado (22), na Rua Topázio, 138, no Jardim Itapark, em Mauá. Segundo o Corpo de Bombeiros, três viaturas foram deslocadas para prestar atendimento e ninguém ficou ferido.

Veja o momento exato do desabamento:



A casa pertencia a família da desempregada Luana Souza, 36 anos. Ela viu em poucos segundos cair por terra o fruto de dez anos de trabalho. O imóvel de dois andares vinha sendo construído há uma década e já estava pronto para ser ocupado. Foi construída no terreno da mãe de Luana, onde também mora um irmão. A desempregada iria se mudar para a nova casa com o marido e os quatro filhos em breve. "Não tinha rachadura, nada que indicasse que havia algum problema", relatou.

Por sorte, não havia ninguém na obra no momento do desabamento nem na garagem ao lado, que foi atingida com a queda da estrutura. A casa nos fundos do terreno, onde Luana mora com a família, não foi atingida.

Vizinho de Luana, o soldador Carlos Rodrigo Laurentino, 40, aguardava em frente ao bar o momento de voltar para casa. A sua residência foi atingida e teve uma parede de uma área que também estava em obras atingida, mas a Defesa Civil não chegou a interditar o imóvel.

Laurentino relatou que há cerca de uma semana, outro vizinho, pedreiro, alertou os proprietários da obra que o portão da garagem ao lado estava fora de nível e que poderia ser pressão da obra, que seria necessário algum tipo de reforço na estrutura. "Hoje a gente começou a ver o reboco cair e ouvimos os estalos. Foi muito rápido", relatou.

O prefeito Atila Jacomussi (PSB) esteve no local do desabamento e prestou solidariedade às famílias atingidas. "Nossa equipe da Defesa Civil vai fazer todas as vistorias e verificações, mas, agora, o momento é de pensar em gente. Graças a Deus não houve vítimas, mas aqui estão anos de trabalho. A Prefeitura vai dar todo amparo possível e necessário, estrutural e social", garantiu.

O prefeito destacou que não é o momento de procurar culpados e que a administração vai buscar auxílios para apoiar as famílias atingidas. "Este é um dos bairros consolidados e mais antigos da cidade, isso foi uma fatalidade", completou.

Atila afirmou que a Prefeitura acompanha as obras que estão em curso na cidade.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Casa de grande porte desaba no Jardim Itapark, em Mauá; veja o vídeo

Imóvel desmoronou completamente e atingiu garagem ao lado sem deixar feridos; moradores conseguiram sair antes de tudo ir ao chão

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

22/08/2020 | 15:10


Atualizada às 17h37

Uma casa de grande porte desabou no início da tarde deste sábado (22), na Rua Topázio, 138, no Jardim Itapark, em Mauá. Segundo o Corpo de Bombeiros, três viaturas foram deslocadas para prestar atendimento e ninguém ficou ferido.

Veja o momento exato do desabamento:



A casa pertencia a família da desempregada Luana Souza, 36 anos. Ela viu em poucos segundos cair por terra o fruto de dez anos de trabalho. O imóvel de dois andares vinha sendo construído há uma década e já estava pronto para ser ocupado. Foi construída no terreno da mãe de Luana, onde também mora um irmão. A desempregada iria se mudar para a nova casa com o marido e os quatro filhos em breve. "Não tinha rachadura, nada que indicasse que havia algum problema", relatou.

Por sorte, não havia ninguém na obra no momento do desabamento nem na garagem ao lado, que foi atingida com a queda da estrutura. A casa nos fundos do terreno, onde Luana mora com a família, não foi atingida.

Vizinho de Luana, o soldador Carlos Rodrigo Laurentino, 40, aguardava em frente ao bar o momento de voltar para casa. A sua residência foi atingida e teve uma parede de uma área que também estava em obras atingida, mas a Defesa Civil não chegou a interditar o imóvel.

Laurentino relatou que há cerca de uma semana, outro vizinho, pedreiro, alertou os proprietários da obra que o portão da garagem ao lado estava fora de nível e que poderia ser pressão da obra, que seria necessário algum tipo de reforço na estrutura. "Hoje a gente começou a ver o reboco cair e ouvimos os estalos. Foi muito rápido", relatou.

O prefeito Atila Jacomussi (PSB) esteve no local do desabamento e prestou solidariedade às famílias atingidas. "Nossa equipe da Defesa Civil vai fazer todas as vistorias e verificações, mas, agora, o momento é de pensar em gente. Graças a Deus não houve vítimas, mas aqui estão anos de trabalho. A Prefeitura vai dar todo amparo possível e necessário, estrutural e social", garantiu.

O prefeito destacou que não é o momento de procurar culpados e que a administração vai buscar auxílios para apoiar as famílias atingidas. "Este é um dos bairros consolidados e mais antigos da cidade, isso foi uma fatalidade", completou.

Atila afirmou que a Prefeitura acompanha as obras que estão em curso na cidade.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;