Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Escritor Mia Couto apresenta livro inédito em 'live'

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


10/03/2021 | 13:12


O escritor moçambicano Mia Couto é a atração desta quarta-feira, 10, do Sempre um Papo. Autor de obras como Um Rio Chamado Tempo, Uma Casa Chamada Terra, O Outro Pé da Sereia e Terra Sonâmbula, entre outros títulos, ele fala agora, nesta "live", sobre O Mapeador de Ausências, seu novo romance que será publicado pela Companhia das Letras em julho. Com transmissão pelo canal do YouTube e perfis do Fabebook e Instagram do projeto, a partir das 18h, a conversa segue disponível depois, para quem quiser ver ou rever.

A programação faz parte das comemorações pelos 35 anos do projeto Sempre Um Papo - ela começou na segunda, 8, com Valter Hugo Mãe falando sobre Contra Mim (Globo), e que recebeu nesta terça, 9, o angolano José Eduardo Agualusa - ele conversou sobre Os Vivos e Os Outros (Tusquets).

O Mapeador de Ausências, de Mia Couto, se passa em Moçambique pré e pós-independência, com dezenas de personagens diversos e complexos. Diogo Santiago é um prestigioso e respeitado intelectual, professor universitário em Maputo e poeta que volta à sua cidade natal, Beira, depois de muitos anos e às vésperas do ciclone que arrasou o local em 2019, para ser homenageado. Faz, nessa viagem, uma volta a um passado longínquo, à sua infância e juventude, quando ainda Moçambique era uma colônia portuguesa.

Na quinta-feira, 11, também às 18h, será possível ouvir o português José Luis Peixoto falando sobre seu livro de poemas Regresso à Casa (Dublinense). E encerrando a programação o português nascido em Angola Gonçalo M. Tavares comenta a obra Atlas do Corpo e da Imaginação (Dublinense).

Mais literatura em língua portuguesa

No sábado, 13, às 14h, o escritor português Afonso Cruz participa do Quintal da Língua Portuguesa, online. Ele é autor de obras como Vamos Comprar um Poeta (Dublinense), Os Livros que Devoraram Meu Pai (Leya), Flores (Companhia das Letras) e O Pintor Debaixo do Lava-Loiça (Peirópolis) e Nem Todas as Baleias Voam (Dublinense). O encontro será realizado pelo Zoom, com inscrições a R$ 50, pelo e-mail institutodeleituraquindim@gmail.com.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;