Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Corinthians busca empate no fim com Renato Augusto e deixa Grêmio perto da queda

RodrigoCoca/Agência Corinthians Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


05/12/2021 | 18:09


O Corinthians não se vingou efetivamente do rebaixamento de 2007, decretado após empate com o Grêmio, mas deixou o rival gaúcho muito perto da queda ao empatar por 1 a 1 neste domingo, na Neo Química Arena. Diego Souza marcou no primeiro tempo e, com seu gol, ia garantindo o triunfo gremista. Mas Renato Augusto anotou um golaço no ângulo no fim do segundo tempo e assegurou a igualdade. A torcida se sentiu vingada, embora a queda do time tricolor à segunda divisão ainda não esteja consumada.

Com 40 pontos conquistados e 11 vitórias em 37 jogos, o Grêmio tem três pontos a menos que Juventude e Cuiabá e depende de uma combinação de resultados muito improvável de acontecer para permanecer na elite do futebol brasileiro. Na rodada final, o time gaúcho recebe o campeão Atlético Mineiro. Mas será rebaixado antes disso caso Juventude e Cuiabá pontuem nesta segunda, em duelos contra São Paulo e Fortaleza.

O Corinthians ampliou para 12 partidas sua série invicta na Neo Química Arena e chegou a nove vitórias consecutivas em sua casa. A equipe de Sylvinho soma 57 pontos, na quarta colocação, e já está garantida na próxima edição da Libertadores.

A tensão provocada pela rivalidade entre as equipes esteve no ar em Itaquera. Não foi um jogo tão violento, mas muito brigado. Nesse cenário, o Grêmio levou a melhor. O Corinthians até conseguiu dominar parte do jogo quando colocou a bola no chão e suas estrelas se entenderam, mas o time gaúcho foi mais agressivo, intenso e se beneficiou desse comportamento.

O Grêmio pressionou nos primeiros minutos e empurrou o Corinthians para seu campo. Não conseguiu balançar as redes no início, mas o gol saiu no fim, no período em que o time de Vagner Mancini, que reviu os torcedores corintianos, voltou a se impor. Depois de Ferreira levar perigo, Diego Souza marcou.

Ele recebeu cruzamento de Ferreira, matou no peito e deu um carrinho para chegar antes de Cássio e abrir o placar. A luta do atacante no lance do gol simbolizou a postura dos gaúchos, dispostos a fazer o impossível para contrariar as estatísticas e permanecer na elite.

No segundo tempo, o Corinthians pressionou, teve quase 70% de posse de bola, tentou de tudo, mas enfrentou dificuldades para superar o bloqueio defensivo do Grêmio. Willian, um dos melhores em campo, participou de quase todas ações ofensivas e exigiu bela defesa de Gabriel Chapecó em arremate de fora da área. Giuliano, voltando de lesão, sentiu a ausência do ritmo ideal, e não esteve bem.

O Corinthians, apoiado pelo seu torcedor, não desistiu e chegou ao gol de empate graças ao talento de Renato Gaúcho. Se estava difícil de entrar na área, o jeito foi arriscar de fora dela. Renato Augusto, com a sua técnica apurada, fez a torcida explodir na Neo Química Arena ao acertar a bola no ângulo esquerdo. O meio-campista ajeitou para o meio e marcou um golaço aos 40 minutos.

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 x 1 GRÊMIO

CORINTHIANS - Cássio; Du Queiroz, João Victor, Gil e Fábio Santos; Xavier (Gabriel Pereira), Giuliano (Gustavo Mosquito), Renato Augusto e Willian (Luan); Róger Guedes e Jô (Vitinho). Técnico: Sylvinho.

GRÊMIO - Gabriel Chapecó; Rafinha (Vanderson), Pedro Geromel, Kannemann e Diogo Barbosa; Thiago Santos (Mateus Sarará), Lucas Silva, Jhonata Robert (Ruan), Campaz (Villasanti) e Ferreira; Diego Souza (Borja). Técnico: Vagner Mancini.

GOLS - Diego Souza, aos 38 minutos do primeiro tempo; Renato Augusto, aos 40 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Róger Guedes (Corinthians); Rafinha, Pedro Geromel e Kannemann (Grêmio).

ÁRBITRO - Bruno Arleu de Araujo (Fifa-RJ).

RENDA - R$ 2.517.739,00.

PÚBLICO - 44.187 torcedores.

LOCAL - Neo Química Arena, em São Paulo (SP).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;