Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 8 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Imigrantes é fechada para obra em morro que deslizou

Pista fica interditada por 20 minutos para trânsito de máquinas


Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

27/02/2013 | 07:00


A Pista Norte - sentido Capital - da Rodovia dos Imigrantes ficou fechada por cerca de 20 minutos na tarde de ontem para movimentação de máquinas utilizadas na recuperação de encostas no entorno da estrada. Na sexta-feira, uma mulher morreu e 24 veículos foram atingidos após deslizamento de terra na altura do km 52, em Cubatão.

Na noite de ontem, o acostamento e a faixa da direita estavam interditados para o tráfego em trecho de cerca de 300 metros. Segundo a concessionária Ecovias, o bloqueio é necessário para garantir a passagem das equipes envolvidas no trabalho corretivo no morro. A interdição é feita nas proximidades da entrada do túnel TA 10/11, onde ocorreu o escorregamento na semana passada.

No local, ainda há terra na pista, mas em quantidade que não coloca em risco quem trafega pela rodovia. Ao lado da entrada do túnel, ainda é possível ver enxurrada de água que escorre do morro.

O acidente ocorreu após forte temporal na região. Inicialmente, os veículos envolvidos foram encaminhados para a base da Ecovias próxima à balança do km 56. Depois, aqueles que ainda não tiveram a solicitação do proprietário para resgate foram encaminhados ao pátio do DER (Departamento de Estradas de Rodagem), na Estrada Particular Fukutaru Yida, altura do km 20 da Imigrantes, em São Bernardo.

Segundo funcionários do pátio do DER, dez veículos foram levados ao local, sendo que até a manhã de ontem apenas quatro aguardavam retirada.

Para recuperar o automóvel, o dono deve entrar em contato pelo telefone (11) 4392-6159. Os carros estão à disposição para resgate das 9h às 17h. Segundo a Ecovias, não há custo para o proprietário.

RESSARCIMENTO

Segundo o advogado Ademar Barros, que defende 80 motoristas envolvidos no megaengavetamento ocorrido em setembro de 2011 na Imigrantes, os donos dos automóveis prejudicados pelo deslizamento podem entrar com ação por danos morais e materiais contra a Ecovias. "Se ficar comprovado que houve imprudência e negligencia por parte da concessionária, a empresa será responsabilizada. Como a Ecovias já anunciou que vai arcar com os prejuízos, fica claro que foi co-autora do acidente. As indenizações questionadas na Justiça, porém, tendem a levar tempo para serem resolvidas."

O prazo informado pela concessionária para indenizar os envolvidos é de 30 dias. Há casos do megaengavetamento que ainda aguardam sentença. O pior acidente da história do Sistema Anchieta-Imigrantes envolveu 103 veículos, deixou 52 pessoas feridas e uma morta. A baixa visibilidade foi apontada como um dos fatores que provocaram a ocorrência.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;