Fechar
Publicidade

Sábado, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ferreira se irrita e muda o Santo André


Nelson Cilo
Do Diário do Grande ABC

17/02/2004 | 01:40


O técnico Luiz Carlos Ferreira admite que ainda "falta espírito vencedor" ao Santo André. Depois da derrota diante do Paulista, domingo, em Jundiaí, pelo Estadual, o treinador decidiu mudar o time para a estréia na Copa do Brasil, quarta à noite, contra o Novo Horizonte, em Ipameri-GO. O confronto de volta ocorrerá no dia 3 de março. Se vencerem pela diferença de dois gols, os paulistas eliminam os goianos.

Ferreira mantém suspense quanto às alterações que serão definidas no coletivo desta terça à tarde, em Goiás — a delegação viaja às 7h. "Vou observar algumas opções, mas posso antecipar que vou mexer na equipe. Assim, não dá", reclamou Ferreira, ao se referir ao que aconteceu na última rodada. "Não mostramos garra, demos espaços, entramos desligados, não reagimos, não exploramos o equilíbrio".

Ele decidiu que vai escalar os recém-contratados Vander (ex-Ponte Preta) e Edmílson (ex-Palmeiras) no próximo confronto pelo Estadual, sábado, em Mogi Mirim. Ambos formarão a dupla de ataque nas vagas de Jean Carlos e Fábio Reis.

O adversário também perdeu domingo, o que, na opinião de Ferreira, serve para aumentar a responsabilidade do Santo André. "Sobrou apenas a matemática das vitórias no Campeonato Paulista. Precisamos ganhar os jogos restantes para recuperar as chances de conseguir uma das vagas", disse Ferreira, que não resistiu ao desabafo. "Estou muito chateado. Há situações no futebol em que você não pode bobear".

Ao analisar os motivos do mais recente tropeço, Ferreira entende que o Santo André vacilou tanto na marcação quanto nas jogadas de área. "É verdade que forçamos e criamos lá na frente, mas falhamos nas finalizações. Tínhamos tudo para trazer os três pontos. As coisas ficam bem mais complicadas. Sempre destaquei o lado guerreiro do grupo, mas agora, ao contrário, permitimos que o time deles (o Paulista) tomasse conta. É claro que não vamos baixar a cabeça. Estamos na luta. É importante batalhar até o fim", sugere.

Menos mal: Fumagalli, um dos mais experientes do elenco, que já cumpriu suspensão automática no Paulistão, reforça o Santo André, além de fortalecer o time no duelo do fim de semana. Ferreira espera que o retorno do meia-atacante ajude a corrigir uma das maiores deficiências do esquema ofensivo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;