Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Menor custo logístico

Se tudo correr dentro dos prazos anunciados, em março de 2014 estarão concluídas duas...


Dgabc

27/02/2013 | 00:00


Artigo

Se tudo correr dentro dos prazos anunciados, em março de 2014 estarão concluídas duas obras rodoviárias que irão facilitar o acesso ao Porto de Santos, melhorando sobremaneira o trânsito de cargas destinadas à importação e exportação. A primeira obra é o Trecho Leste do Rodoanel, que fará a ligação do Trecho Sul com o Sistema Anchieta-Imigrantes e as rodovias SP-66 (Itaquaquecetuba-São José dos Campos), Ayrton Senna e Dutra, facilitando o acesso ao aeroporto de Guarulhos e ao Vale do Paraíba.

A outra é o novo acesso viário de Cubatão, que prevê minianel de interligação do km 55 da Via Anchieta com as rodovias Cônego Domênico Rangoni e Padre Manuel da Nóbrega. Estas obras incluem a duplicação de trecho de oito quilômetros da Rodovia Cônego Domênico Rangoni entre a Via Anchieta e o Viaduto Cosipão.

A par disso, é de ressaltar que a entrada em funcionamento dos trechos duplicados da via férrea que liga Campinas a Santos pela ALL (América Latina Logística) agilizou a movimentação de cargas ao porto. Quando concluída, a nova estrutura ferroviária, que faz parte do PAC 2 (Programa de Aceleração do Crescimento), vai dobrar o número de trens em circulação na Margem Direita. E deverá tirar pelo menos 1.500 caminhões por dia das estradas, beneficiando especialmente o segmento de açúcar a granel.

Obviamente, todas essas obras são bem-vindas, mas não se sabe se serão suficientes para suportar a demanda que será provocada pela entrada em funcionamento de dois terminais privados: o da Embraport e o da BTP (Brasil Terminal Portuário). Seja como for, o que se espera é que as obras rodoviárias e ferroviárias em fase de conclusão sejam suficientes para suportar a demanda e reduzir em parte o custo da logística no País, que hoje é quatro vezes maior que o dos Estados Unidos ou da Argentina. Essa redução pode ser ainda mais acentuada se o governo admitir reduzir o pedágio no modal rodoviário. Afinal, a tarifa paga hoje embute, em média, 20% de impostos, o que encarece o custo logístico.

Mauro Lourenço Dias é engenheiro eletrônico, vice-presidente da Fiorde Logística Internacional, de São Paulo-SP, e professor de pós-graduação em Transportes e Logística no Departamento de Engenharia Civil da Universidade Estadual de Campinas.

Palavra do leitor

Cyrillo Pelosini

É uma vergonha a condição da Rua Cyrillo Pelosini, no Royal Park, em São Bernardo, após as chuvas. Os moradores ficam ilhados e como a rua é revestida de cascalho, enormes crateras são abertas, o que torna inacessível o braço da represa que ali se encontra. Essas pedras vão parar na represa e acabam prejudicando a pesca e outras atividades. Peço que a Prefeitura resolva, de vez, o problema dessa rua.

Daniel Baldini

São Bernardo

Sinfônica

Estão de parabéns a Prefeitura de Santo André, através da Secretaria de Cultura; Diário, pelo apoio; e o maestro Carlos Moreno, pela realização do Concerto de Verão no fim de semana no Teatro Municipal. Comemorando seus 25 anos de fundação com direito a justa e emocionada homenagem ao seu fundador, o ex-secretário Durval Daniel. A orquestra deu show de virtuosismo e cultura, tocando repertório que mexeu com o sentimento do público que lotou o teatro. O maestro Moreno demonstrou mais uma vez por que é um dos maiores do País, por sua simpatia e genialidade. Solista convidado, que tocou viola caipira acompanhado pela orquestra, Neymar Dias mostrou como pode um instrumento normalmente associado à música caipira fazer parte integrante de orquestra com tanta beleza. A população ganhou um presente e espero que se repita muitas vezes, enaltecendo o nome da cidade e trazendo cultura aos andreenses. Parabéns e obrigado.

Antônio A. Macedo

Santo André

Bairro Bangu

Solicito posição do DST de Santo André com relação às ruas Frei Caneca e Abolição, no bairro Bangu, em Santo André. Estamos com sérios problemas devido aos estudantes da UFABC não mais poderem estacionar na Rua Abolição, pois sem nenhuma explicação a via está com cavaletes do DST impedindo que os carros parem no entorno da UFABC. E quem sofre com isso somos nós, moradores, pois temos que suportar veículos nos dois lados da via, onde transitam ônibus, caminhões, carros etc. Por que a Rua Abolição, mão única também, teve o estacionamento proibido num sentido sendo que temos casas somente num lado da rua? A Rua Frei Caneca é estreita e curta. Mão única para quem desce até a Abolição. Tendo bem no encontro das duas ruas a entrada da UFABC, ninguém aguenta nos horários de pico! Por favor, alguma coisa tem de ser feita.

Arlete Garbin

Santo André

Resposta

Com relação à carta do leitor Mancha Gomes Sinalização, dia 21), a concessionária SPMar esclarece que o Trecho Sul do Rodoanel é via de ligação entre rodovias, por isso, as placas que indicam suas saídas têm informações apenas das rodovias e cidades mais próximas. Não existe nenhuma interligação entre o Rodoanel e os bairros mencionados, o que torna desnecessária qualquer placa de sinalização referente a isso. Caso o motorista necessite ir do Rodoanel para um desses bairros, deverá pegar a saída da Rodovia dos Imigrantes ou Anchieta, que estão devidamente sinalizadas. Diferentemente do mencionado, no pedágio do Trecho Sul do Rodoanel a cobrança só foi liberada em agosto de 2011, após realizado intenso investimento na rodovia, com a conclusão das obras de melhorias previstas no Programa Intensivo Inicial

Artesp

Boa Esporte

Inacreditável essa notícia de que o Boa Esporte está interessado na contratação do goleiro Bruno, caso ele seja absolvido no julgamento pelo assassinato de Eliza Samúdio. Deveria, também, oferecer trabalho para o Macarrão, como roupeiro, e para o Bola, como bola de futebol. Para completar, não esquecer de chamar o ET de Varginha, terra do Boa Esporte, para técnico da equipe,

Ronaldo Gomes Ferraz

Rio de Janeiro



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;