Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Luxemburgo: 'ou Marcelinho ou eu'


Do Diário OnLine

17/08/2001 | 00:17


O técnico do Corinthians, Wanderley Luxemburgo, decidiu nesta quinta-feira romper o silêncio que vinha mantendo sobre o meia Marcelinho Carioca e criticou duramente o desafeto assumido. "Não trabalho nunca mais com o Marcelo. E não é só no Corinthians. Não trabalho em qualquer outro clube em que ele estiver", disparou o treinador.

Luxemburgo propôs um desafio ao jogador. O técnico questionou se Marcelinho "tem coragem" de revelar a razão de seu afastamento do elenco em 1998, durante a disputa do Troféu Maria Quitéria, em Salvador. "Não que eu não tenha coragem de revelar. Acho que cabe a ele explicar o motivo da punição", disse o treinador.

Marcelinho foi afastado do elenco corintiano depois de uma briga com o colega Ricardinho, que seria o 'alcagüete' de Wanderley Luxemburgo dentro do elenco. Mas o foco da briga mudou nos últimos dias e as já delicadas relações entre o treinador e o atleta foram rompidas de uma vez. "Eu não levo o Marcelo para almoçar na minha casa e ele não me leva para a casa dele", sintetizou Luxemburgo.

O treinador não aceitou a afirmação, dada pelo próprio jogador, de que Marcelinho Carioca foi o responsável pela virada em sua carreira. "Eu não estava no fundo do poço, como ele disse. Eu não estava trabalhando. Eu havia saído da Seleção e não estava trabalhando. Ele estava no fundo do poço, assim como todo o grupo do Corinthians", afirmou, em relação à campanha de recuperação que levou o time da penúltima colocação no estadual até a conquista do Paulistão-2001. "Vocês (jornalistas) mesmo já ouviram ele agradecer a mim pelo título", completou Luxemburgo.

Santos, Portuguesa de Desportos e Fluminense têm interesse em contrar o jogador. Segundo Marcelinho, sua transferência para o time da Baixada já está praticamente definida.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;