Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 22 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Hungria aposta na experiência do técnico Matthaeus


Das Agências

28/04/2004 | 00:19


O técnico da Hungria, o alemão Lottar Matthaeus, acredita que o amistoso contra o Brasil será uma boa oportunidade de ver em ação a equipe que disputará as eliminatórias da Copa do Mundo de 2006 a partir do segundo semestre. Ele, no entanto, aguarda o jogo com expectativa. "O futebol oferece milagres e espero que minha pequena equipe possa surpreender o gigante brasileiro", disse o ex-craque da da Alemanha, cuja seleção derrotou no último domingo o Japão, do brasileiro Zico, por 3 a 2.

Matthaeus não poderá contar com o melhor jogador húngaro, o meia Krisztian Lisztez, do Werder Bremen, líder do Campeonato Alemão. O atleta sofreu uma grave lesão de ligamentos no último domingo, na partida contra o Bochum.

A Hungria encantou o mundo do futebol 50 anos atrás ao alcançar o vice-campeonato mundial, em disputa com a Alemanha. O país conquistou depois três medalhas de ouro em jogos olímpicos e esteve num outro Mundial, pela última vez em 1986, no México, quando nem sequer passou da primeira fase.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Hungria aposta na experiência do técnico Matthaeus

Das Agências

28/04/2004 | 00:19


O técnico da Hungria, o alemão Lottar Matthaeus, acredita que o amistoso contra o Brasil será uma boa oportunidade de ver em ação a equipe que disputará as eliminatórias da Copa do Mundo de 2006 a partir do segundo semestre. Ele, no entanto, aguarda o jogo com expectativa. "O futebol oferece milagres e espero que minha pequena equipe possa surpreender o gigante brasileiro", disse o ex-craque da da Alemanha, cuja seleção derrotou no último domingo o Japão, do brasileiro Zico, por 3 a 2.

Matthaeus não poderá contar com o melhor jogador húngaro, o meia Krisztian Lisztez, do Werder Bremen, líder do Campeonato Alemão. O atleta sofreu uma grave lesão de ligamentos no último domingo, na partida contra o Bochum.

A Hungria encantou o mundo do futebol 50 anos atrás ao alcançar o vice-campeonato mundial, em disputa com a Alemanha. O país conquistou depois três medalhas de ouro em jogos olímpicos e esteve num outro Mundial, pela última vez em 1986, no México, quando nem sequer passou da primeira fase.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;