Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 3 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Paralisação na Saúde será decidida hoje


Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

08/12/2016 | 07:00


Funcionários da rede pública de Saúde de Mauá e Santo André decidirão hoje se entram em greve, em decorrência de atrasos no pagamento do rendimento e da primeira parcela do 13º salário. O problema tem se dado pela falta de repasse das prefeituras à FUABC (Fundação do ABC), que gere os serviços em ambas as cidades.

Assembleia entre os trabalhadores e o SindSaúde ABC (Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos Privados de Saúde no Grande ABC) está programada para as 8h, em frente ao Hospital Nardini, em Mauá, e às 17h, no Paço de Santo André.

“Em Mauá, o salário já caiu e o secretário de Saúde disse que amanhã (hoje) pagarão o 13º. Já em Santo André a presidente da FUABC falou que sexta-feira (amanhã), cai o pagamento do salário, mas que o 13º não tem previsão”, comentou o presidente do SindSaúde ABC, Almir Rogério da Silva.

A FUABC afirmou, em nota, que a quitação dos salários em Santo André será efetuada amanhã e que, conforme informado pela Prefeitura, os demais valores devidos estão sendo negociados juntos aos fornecedores e prestadores de serviço.

Cerca de 100 funcionários do CHM (Centro Hospitalar Municipal), na cidade andreense, irão até a Prefeitura, às 8h, na tentativa de falar com algum representante do Executivo. “Vamos lá fazer barulho. Até agora não tem nada de paralisação (do trabalho), estamos esperando o sindicato. Mas a vontade é parar”, declarou um trabalhador do CHM, que preferiu não se identificar.

Na última semana, profissionais de Mauá cruzaram os braços em protesto. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paralisação na Saúde será decidida hoje

Vanessa de Oliveira
Do Diário do Grande ABC

08/12/2016 | 07:00


Funcionários da rede pública de Saúde de Mauá e Santo André decidirão hoje se entram em greve, em decorrência de atrasos no pagamento do rendimento e da primeira parcela do 13º salário. O problema tem se dado pela falta de repasse das prefeituras à FUABC (Fundação do ABC), que gere os serviços em ambas as cidades.

Assembleia entre os trabalhadores e o SindSaúde ABC (Sindicato dos Trabalhadores em Estabelecimentos Privados de Saúde no Grande ABC) está programada para as 8h, em frente ao Hospital Nardini, em Mauá, e às 17h, no Paço de Santo André.

“Em Mauá, o salário já caiu e o secretário de Saúde disse que amanhã (hoje) pagarão o 13º. Já em Santo André a presidente da FUABC falou que sexta-feira (amanhã), cai o pagamento do salário, mas que o 13º não tem previsão”, comentou o presidente do SindSaúde ABC, Almir Rogério da Silva.

A FUABC afirmou, em nota, que a quitação dos salários em Santo André será efetuada amanhã e que, conforme informado pela Prefeitura, os demais valores devidos estão sendo negociados juntos aos fornecedores e prestadores de serviço.

Cerca de 100 funcionários do CHM (Centro Hospitalar Municipal), na cidade andreense, irão até a Prefeitura, às 8h, na tentativa de falar com algum representante do Executivo. “Vamos lá fazer barulho. Até agora não tem nada de paralisação (do trabalho), estamos esperando o sindicato. Mas a vontade é parar”, declarou um trabalhador do CHM, que preferiu não se identificar.

Na última semana, profissionais de Mauá cruzaram os braços em protesto. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;