Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 9 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Região vê NX Zero em seu melhor momento


Julio Ibelli
Especial para o Diário

11/10/2008 | 07:00


A letra do último sucesso lançado pelo NX Zero, Cedo ou Tarde, soa um tanto profética se relacionada ao show que a banda tem marcado neste domingo, em Santo André (Cedo ou tarde / a gente vai se encontrar..., diz um trecho). Também, ao recente prestígio no Vídeo Music Brasil, da MTV, em que o quinteto saiu com os principais prêmios da noite: melhor videoclipe, hit e artista do ano ("...tenho certeza, numa bem melhor", segue o refrão grudento da música).

Mas esse encontro com os fãs da região pode não ser assim tão garantido. Até o fechamento desta edição, já estavam no fim os ingressos para o show, marcado para às 21h no Aramaçan, de acordo com informação divulgada por funcionário da bilheteria, mas ainda há outros postos de venda.

VMB - Ainda sobre o prêmio, que foi bastante criticado na blogosfera (e chamado de "vexame music Brasil", entre outros elogios nada amistosos) o vocalista Di Ferrero comenta sobre a polêmica interrupção na entrega do troféu para artista do ano, em que saíram vitoriosos - sem que antes enfrentassem o deboche de Ana Bernardino, uma das vocalistas do grupo Bonde do Rolê, que reivindicou a conquista.

"Não sabia quem era e, ainda assim, teria feito a mesma coisa", ele diz, sobre o empurrão que deu em Ana para o meio da galera que assistia ao evento no Credicard Hall, em São Paulo. "Ficou mais feio para ela, que queria acabar com o momento dos outros. Depois veio se desculpar, mas eu não quis papo". E completa, agora mais relaxado: "Se fosse a MTV armando pra cima de mim, eu ia ficar p...".

Di conversou com o Diário entre a gravação de comerciais para rádios de todo Brasil e uma viagem marcada para Fortaleza (CE), onde cumpririam agenda de shows. "A gente não pára mesmo. Do VMB mesmo só curtimos a pós-festa, no outro dia já tinha o que fazer", desabafa.

Espanhol - E o trabalho parece que não vai terminar mesmo tão cedo, já que a música citada no início do texto, Cedo ou Tarde, tirada do segundo CD do grupo, Agora (2008), deve ganhar uma versão em espanhol para breve, assim como outro hit da banda, Razões e Emoções. Tudo para agradar ao fanatismo pelo NX Zero, que já ultrapassa a fronteira do Brasil e chega a países como Argentina, Chile e México, de acordo com Ferrero.

NX Zero - Show. Domingo, 21h. No Aramaçan - Rua São Pedro, 345, Santo André. Tel.: 4972-8200 e 4971-6262. Ingr.: R$ 30 (pista) e R$ 50 (área vip). À venda no local (9h às 18h), lojas Galluzi e Jungle Beach.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Região vê NX Zero em seu melhor momento

Julio Ibelli
Especial para o Diário

11/10/2008 | 07:00


A letra do último sucesso lançado pelo NX Zero, Cedo ou Tarde, soa um tanto profética se relacionada ao show que a banda tem marcado neste domingo, em Santo André (Cedo ou tarde / a gente vai se encontrar..., diz um trecho). Também, ao recente prestígio no Vídeo Music Brasil, da MTV, em que o quinteto saiu com os principais prêmios da noite: melhor videoclipe, hit e artista do ano ("...tenho certeza, numa bem melhor", segue o refrão grudento da música).

Mas esse encontro com os fãs da região pode não ser assim tão garantido. Até o fechamento desta edição, já estavam no fim os ingressos para o show, marcado para às 21h no Aramaçan, de acordo com informação divulgada por funcionário da bilheteria, mas ainda há outros postos de venda.

VMB - Ainda sobre o prêmio, que foi bastante criticado na blogosfera (e chamado de "vexame music Brasil", entre outros elogios nada amistosos) o vocalista Di Ferrero comenta sobre a polêmica interrupção na entrega do troféu para artista do ano, em que saíram vitoriosos - sem que antes enfrentassem o deboche de Ana Bernardino, uma das vocalistas do grupo Bonde do Rolê, que reivindicou a conquista.

"Não sabia quem era e, ainda assim, teria feito a mesma coisa", ele diz, sobre o empurrão que deu em Ana para o meio da galera que assistia ao evento no Credicard Hall, em São Paulo. "Ficou mais feio para ela, que queria acabar com o momento dos outros. Depois veio se desculpar, mas eu não quis papo". E completa, agora mais relaxado: "Se fosse a MTV armando pra cima de mim, eu ia ficar p...".

Di conversou com o Diário entre a gravação de comerciais para rádios de todo Brasil e uma viagem marcada para Fortaleza (CE), onde cumpririam agenda de shows. "A gente não pára mesmo. Do VMB mesmo só curtimos a pós-festa, no outro dia já tinha o que fazer", desabafa.

Espanhol - E o trabalho parece que não vai terminar mesmo tão cedo, já que a música citada no início do texto, Cedo ou Tarde, tirada do segundo CD do grupo, Agora (2008), deve ganhar uma versão em espanhol para breve, assim como outro hit da banda, Razões e Emoções. Tudo para agradar ao fanatismo pelo NX Zero, que já ultrapassa a fronteira do Brasil e chega a países como Argentina, Chile e México, de acordo com Ferrero.

NX Zero - Show. Domingo, 21h. No Aramaçan - Rua São Pedro, 345, Santo André. Tel.: 4972-8200 e 4971-6262. Ingr.: R$ 30 (pista) e R$ 50 (área vip). À venda no local (9h às 18h), lojas Galluzi e Jungle Beach.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;