Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 14 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Câmara aprova reajuste a servidores do Paço

Prefeitura concederá 8,15% de aumento, que não se estenderá a funcionários do Legislativo


Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

01/04/2016 | 07:00


A Câmara de São Caetano aprovou ontem por unanimidade proposta do prefeito Paulo Pinheiro (PMDB) de conceder aumento de 8,15% aos servidores da administração. O reajuste avalizado pelos parlamentares ontem não se estenderá para o funcionalismo do Legislativo e nenhum vereador confirmou se haverá proposta para aplicar aumento aos servidores da Casa.

O índice apresentado pelo Palácio da Cerâmica segue a correção da inflação medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), no período de 1º de maio de 2015 a 29 de fevereiro de 2016. O Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos e Autárquicos de São Caetano) havia reivindicado aumento de cerca de 14%, incluindo a reposição da inflação mais 6% de ganho real.
<EM>Além do aumento salarial, a proposta do Paço também reajusta o subsídio pago à GCM (Guarda Civil Municipal) por risco de vida. O benefício passa de R$ 1.063,93 para R$ 1.150,64. O projeto também eleva de R$ 1.708 para R$ 1.847 o salário mínimo mensal pago aos servidores. A reivindicação da categoria era a de que o teto salarial fosse de R$ 2.220.

NA REGIÃO

Em São Bernardo, o prefeito Luiz Marinho (PT) concedeu 19,61% de aumento ao funcionalismo. Já em Diadema, sob ameaça de enfrentar greve, o chefe do Executivo, Lauro Michels (PV), propôs aumento de 14,4% à categoria. Esse índice inclui 10,2% de reposição da inflação mais 4,24% acordados no ano passado, mas que não foram depositados. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmara aprova reajuste a servidores do Paço

Prefeitura concederá 8,15% de aumento, que não se estenderá a funcionários do Legislativo

Júnior Carvalho
Do Diário do Grande ABC

01/04/2016 | 07:00


A Câmara de São Caetano aprovou ontem por unanimidade proposta do prefeito Paulo Pinheiro (PMDB) de conceder aumento de 8,15% aos servidores da administração. O reajuste avalizado pelos parlamentares ontem não se estenderá para o funcionalismo do Legislativo e nenhum vereador confirmou se haverá proposta para aplicar aumento aos servidores da Casa.

O índice apresentado pelo Palácio da Cerâmica segue a correção da inflação medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo), no período de 1º de maio de 2015 a 29 de fevereiro de 2016. O Sindserv (Sindicato dos Servidores Públicos e Autárquicos de São Caetano) havia reivindicado aumento de cerca de 14%, incluindo a reposição da inflação mais 6% de ganho real.
<EM>Além do aumento salarial, a proposta do Paço também reajusta o subsídio pago à GCM (Guarda Civil Municipal) por risco de vida. O benefício passa de R$ 1.063,93 para R$ 1.150,64. O projeto também eleva de R$ 1.708 para R$ 1.847 o salário mínimo mensal pago aos servidores. A reivindicação da categoria era a de que o teto salarial fosse de R$ 2.220.

NA REGIÃO

Em São Bernardo, o prefeito Luiz Marinho (PT) concedeu 19,61% de aumento ao funcionalismo. Já em Diadema, sob ameaça de enfrentar greve, o chefe do Executivo, Lauro Michels (PV), propôs aumento de 14,4% à categoria. Esse índice inclui 10,2% de reposição da inflação mais 4,24% acordados no ano passado, mas que não foram depositados. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;