Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Ainda quero a vaga

De volta ao circuito das articulações políticas após se envolver em discussão com o promotor do Meio Ambiente


Do Diário do Grande ABC

04/10/2011 | 00:00


De volta ao circuito das articulações políticas após se envolver em discussão com o promotor do Meio Ambiente de Santo André, José Luiz Saikali, o secretário do Meio Ambiente de São Bernardo, Giba Marson (PV), resolveu dar sua versão ao entrevero, ocorrido recentemente. Segundo o político, Saikali não deu a voz de prisão e quem se alterou na reunião foi justamente o promotor. "A juíza chegou a dizer que quem presidia a reunião era ela", contou Giba Marson. Independentemente de quem estava certo, a discussão foi motivada pelo fechamento do acesso à Estrada do Montanhão. Problemas à parte, Giba faz questão de dizer que está na briga, assim como fez em 2008, para ser o candidato a vice-prefeito na chapa de Luiz Marinho (PT), no ano que vem. "Até o último momento, em 2008, meu nome era colocado como favorito, mas depois veio a decisão por cima de colocar o Frank Aguiar", disse o secretário. "Meu plano A no momento é ser o vice do Marinho". E quem achou que o prefeito de São Bernardo teria problema só com os adversários nas urnas em 2012 se enganou redondamente... 

Um a menos

Parceiro de primeira hora na eleição vitoriosa do prefeito de Mauá, Oswaldo Dias (PT), em 2008, o PRB ensaia caminho independente para o próximo pleito. O que se fala nos bastidores políticos da cidade é que quem estaria por trás da debandada é o ex-secretário de Administração Antonio Carlos de Lima (PP), presidente municipal da sigla. O PRB ainda está na administração petista, com o comando da Secretaria de Habitação, por Sérgio Affonso dos Santos. O destino do partido seria parceria com o prefeiturável Francisco Carneiro, o Chiquinho do Zaíra (PTdoB), ou com Atila Jacomussi (PPS), que também disputará o comando do Paço no ano que vem. Em tempos de montagem de coligação, a notícia não é das mais agradáveis para o grupo que comanda a campanha pela reeleição de Oswaldo. Pelo visto, o secretário de Governo, José Luiz Cassimiro (PT), terá de gastar muita saliva para tentar ter o partido de volta no jumbo vermelho rumo à Prefeitura...

Tortorello petebista

O prefeito de São Caetano, José Auricchio Júnior (PTB), conseguiu ontem uma façanha: trouxe para sua legenda Luizinho Tortorello, filho do prefeito Luiz Olinto Tortorello (PTB) - morto em 2004 -, que foi o padrinho político de Auricchio. Luizinho, que estava no PPS, vinha causando dor de cabeça para o prefeito, já que ameaça lançar candidatura ao Paço, mesmo com a confirmação do deputado estadual e comandante regional da sigla, Alex Manente, de garantir apoio ao indicado de Auricchio para a disputa. Além de amansá-lo, o prefeito ainda traz para seu lado o importante sobrenome da cidade, o que, cá entre nós, em tempos de eleição, é muito bem-vindo...



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;