Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Mônica Salmaso revisita clássicos de Chico Buarque


Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

08/08/2009 | 07:00


Acompanhada pela banda Pau Brasil, a cantora Mônica Salmaso retorna à obra de Chico Buarque no CD Noites de Gala - Ao Vivo (Biscoito Fino, R$ 33, em média). Gravado no Teatro Fecap, em São Paulo, o trabalho encerra projeto homônimo ao disco, que já teve repertório registrado em DVD.

Grata revelação do cenário da MPB, a intérprete passeia por clássicos do homenageado com desenvoltura. Detentora de marcante extensão vocal e afinação irrepreensível, injeta doses substantivas de charme nas canções que apresenta. Entre os bons momentos da bolachinha estão a singela Ciranda de Bailarina, exemplar da extensa coleção de inspiradas parcerias entre Chico e Edu Lobo.

Quase quatro décadas depois da gravação original, Construção mantém-se intrigante na releitura de Mônica, pontuada pelos arpejos de violão de Paulo Bellinati e a percussão de Ricardo Mosca. Grave, ela confere ainda mais densidade à letra recheada de proparoxítonas. Em "Morena dos Olhos D' Água" e "Beatriz", esbanja lirismo.

Outras faixa que merece destaque é a envolvente Partido Alto, tantas vezes regravada e ainda atual.

Exceção entre as canções de Chico, Moda do Pau Brasil foi composta pelo baixista Rodolfo Stroeter e encerra o álbum em clima de festa. A divertida letra da canção enumera e reverencia os integrantes do grupo de apoio da cantora.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Mônica Salmaso revisita clássicos de Chico Buarque

Dojival Filho
Do Diário do Grande ABC

08/08/2009 | 07:00


Acompanhada pela banda Pau Brasil, a cantora Mônica Salmaso retorna à obra de Chico Buarque no CD Noites de Gala - Ao Vivo (Biscoito Fino, R$ 33, em média). Gravado no Teatro Fecap, em São Paulo, o trabalho encerra projeto homônimo ao disco, que já teve repertório registrado em DVD.

Grata revelação do cenário da MPB, a intérprete passeia por clássicos do homenageado com desenvoltura. Detentora de marcante extensão vocal e afinação irrepreensível, injeta doses substantivas de charme nas canções que apresenta. Entre os bons momentos da bolachinha estão a singela Ciranda de Bailarina, exemplar da extensa coleção de inspiradas parcerias entre Chico e Edu Lobo.

Quase quatro décadas depois da gravação original, Construção mantém-se intrigante na releitura de Mônica, pontuada pelos arpejos de violão de Paulo Bellinati e a percussão de Ricardo Mosca. Grave, ela confere ainda mais densidade à letra recheada de proparoxítonas. Em "Morena dos Olhos D' Água" e "Beatriz", esbanja lirismo.

Outras faixa que merece destaque é a envolvente Partido Alto, tantas vezes regravada e ainda atual.

Exceção entre as canções de Chico, Moda do Pau Brasil foi composta pelo baixista Rodolfo Stroeter e encerra o álbum em clima de festa. A divertida letra da canção enumera e reverencia os integrantes do grupo de apoio da cantora.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;