Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Incêndio destrói loja de
roupas no Centro de SP



15/02/2011 | 02:14


Um incêndio de grandes proporções destruiu, quase que por completo, na noite de ontem, a unidade da rede Torra Torra, loja especializada em roupas, localizada no centro de São Paulo.

 

A primeira ligação que chegou aos bombeiros foi feita às 22h50, mas acredita-se que o fogo tenha começado por volta das 22h30, pois poucas pessoas andam por aquela região neste horário e demorou para que as chamas fossem vistas por quem estava fora da loja.

 

Um total de 24 viaturas, com 72 homens, foi utilizado no combate ao fogo, que se espalhou rapidamente pela loja, que possui 3.500 m2. "Nossa maior preocupação era isolar fogo para que ele não atingisse os prédios vizinhos", afirmou o tenente Roberto Rensi, dos Bombeiros. Até a 1h40 desta madrugada, várias equipes ainda trabalhavam no local.

 

Não houve feridos e não se sabe ainda o que iniciou as chamas. O subprefeito da Sé, Nevoral Alves Bucheroni, acompanhou o trabalho dos bombeiros e disse que o prédio, de dois andares, será interditado e isolado, pois há risco de desabamento.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Incêndio destrói loja de
roupas no Centro de SP


15/02/2011 | 02:14


Um incêndio de grandes proporções destruiu, quase que por completo, na noite de ontem, a unidade da rede Torra Torra, loja especializada em roupas, localizada no centro de São Paulo.

 

A primeira ligação que chegou aos bombeiros foi feita às 22h50, mas acredita-se que o fogo tenha começado por volta das 22h30, pois poucas pessoas andam por aquela região neste horário e demorou para que as chamas fossem vistas por quem estava fora da loja.

 

Um total de 24 viaturas, com 72 homens, foi utilizado no combate ao fogo, que se espalhou rapidamente pela loja, que possui 3.500 m2. "Nossa maior preocupação era isolar fogo para que ele não atingisse os prédios vizinhos", afirmou o tenente Roberto Rensi, dos Bombeiros. Até a 1h40 desta madrugada, várias equipes ainda trabalhavam no local.

 

Não houve feridos e não se sabe ainda o que iniciou as chamas. O subprefeito da Sé, Nevoral Alves Bucheroni, acompanhou o trabalho dos bombeiros e disse que o prédio, de dois andares, será interditado e isolado, pois há risco de desabamento.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;