Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Operação Noite Tranquila lacrou 59 estabelecimentos

No período de seis meses, 47 pessoas foram presas e 68 máquinas caça-níquel apreendidas


Da Redação

14/11/2017 | 07:00


 Operação Noite Tranquila completou seis meses de atividades em São Bernardo. A ação, voltada ao combate dos chamados pancadões e perturbação da ordem, realizou 987 fiscalizações em bares, sendo que 99 deles foram interditados pela Vigilância Sanitária e outros 59 estabelecimentos foram lacrados pela Secretaria de Planejamento Urbano por falta de alvará.

Neste período, foram emitidas 293 multas de som acima do nível estabelecido, 2.922 autuações de trânsito, além da apreensão de 44 aparelhagens de som. A força-tarefa apreendeu 68 máquinas caça-níquel e 47 pessoas foram presas.

Comandada pela Secretaria de Segurança Urbana, por meio da Guarda Civil Municipal, a força-tarefa foi iniciada com o apoio presencial da Secretaria de Serviços Urbanos, Obras, Transporte e Vigilância Sanitária. Meses depois, recebeu a parceria das polícias Civil e Militar, potencializando sua atuação pelos bairros da cidade. A ação é respaldada na Lei Municipal 6.323/13, que versa a coibição de perturbação do sossego.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Operação Noite Tranquila lacrou 59 estabelecimentos

No período de seis meses, 47 pessoas foram presas e 68 máquinas caça-níquel apreendidas

Da Redação

14/11/2017 | 07:00


 Operação Noite Tranquila completou seis meses de atividades em São Bernardo. A ação, voltada ao combate dos chamados pancadões e perturbação da ordem, realizou 987 fiscalizações em bares, sendo que 99 deles foram interditados pela Vigilância Sanitária e outros 59 estabelecimentos foram lacrados pela Secretaria de Planejamento Urbano por falta de alvará.

Neste período, foram emitidas 293 multas de som acima do nível estabelecido, 2.922 autuações de trânsito, além da apreensão de 44 aparelhagens de som. A força-tarefa apreendeu 68 máquinas caça-níquel e 47 pessoas foram presas.

Comandada pela Secretaria de Segurança Urbana, por meio da Guarda Civil Municipal, a força-tarefa foi iniciada com o apoio presencial da Secretaria de Serviços Urbanos, Obras, Transporte e Vigilância Sanitária. Meses depois, recebeu a parceria das polícias Civil e Militar, potencializando sua atuação pelos bairros da cidade. A ação é respaldada na Lei Municipal 6.323/13, que versa a coibição de perturbação do sossego.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;