Fechar
Publicidade

Sábado, 16 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Ribeirão Pires proíbe aglomerações
em espaços públicos

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Determinação municipal tem por objetivo
diminuir incidência de coronavírus na região


Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

20/03/2020 | 12:15


A Prefeitura de Ribeirão Pires acaba de determinar, por meio de decreto, medidas preventivas contra a disseminação do coronavírus. A principal delas é de evitar aglomerações em espaços públicos. E o deslocamento tem de ser feito apenas quando for necessário. 

Segundo documento oficial, estão proibidas a permanência e aglomeração de pessoas nos espaços públicos e bens de uso comum tais como praças, jardins, complexos, entre outros, enquanto durar a situação de emergência, visando conter a disseminação do coronavírus. O descumprimento do decreto acarretará advertência, multa de R$ 1 mil e, em caso de reincidência, o dobro do valor da primeira multa. A Prefeitura poderá usar força policial para coibir a permanência e aglomeração de pessoas nesses locais. Não estão incluídas no decreto de proibição profissionais que atuam em serviços de manutenção e limpeza dos espaços. Também há restrição para acesso de pessoas em ambientes fechados no Parque Pérola da Serra.

Outras medidas para não permitir aglomerações também foram tomadas: a Prefeitura suspendeu todas as atividades da programação de aniversário de 66 anos de Ribeirão Pires (março); suspensão das autorizações de eventos em espaços públicos administrados pela Prefeitura; recomendações, por meio da ACIARP (Associação Comercial, Industrial e Agrícola da cidade) aos comércios e prestadores de serviço. 

A partir de hoje devem ser suspensasas atividades de bares, restaurantes academias, quitandas, estabelecimentos de estética. Estão permitidos apenas funcionamentos de mercados, supermercados e farmácias. 

Atividades que não puderem ser suspensas deverão adotar medidas rigorosas de segurança e saúde – disponibilizar álcool gel 70% para higienização de mãos dos consumidores e funcionários; redução do número de funcionários, com dispensa de profissionais com mais de 60 anos, gestantes e doentes crônicos; deixar áreas internas com ventilação adequada; manter rígida higiene pessoal e dos estabelecimentos. As orientações também são válidas às instituições que atuam no acolhimento de idosos, os asilos. Medidas internas foram adotadas pela Prefeitura para reduzir a circulação de pessoas em espaços públicos e de atendimento – para garantir a segurança de funcionários e da população. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ribeirão Pires proíbe aglomerações
em espaços públicos

Determinação municipal tem por objetivo
diminuir incidência de coronavírus na região

Miriam Gimenes
Do Diário do Grande ABC

20/03/2020 | 12:15


A Prefeitura de Ribeirão Pires acaba de determinar, por meio de decreto, medidas preventivas contra a disseminação do coronavírus. A principal delas é de evitar aglomerações em espaços públicos. E o deslocamento tem de ser feito apenas quando for necessário. 

Segundo documento oficial, estão proibidas a permanência e aglomeração de pessoas nos espaços públicos e bens de uso comum tais como praças, jardins, complexos, entre outros, enquanto durar a situação de emergência, visando conter a disseminação do coronavírus. O descumprimento do decreto acarretará advertência, multa de R$ 1 mil e, em caso de reincidência, o dobro do valor da primeira multa. A Prefeitura poderá usar força policial para coibir a permanência e aglomeração de pessoas nesses locais. Não estão incluídas no decreto de proibição profissionais que atuam em serviços de manutenção e limpeza dos espaços. Também há restrição para acesso de pessoas em ambientes fechados no Parque Pérola da Serra.

Outras medidas para não permitir aglomerações também foram tomadas: a Prefeitura suspendeu todas as atividades da programação de aniversário de 66 anos de Ribeirão Pires (março); suspensão das autorizações de eventos em espaços públicos administrados pela Prefeitura; recomendações, por meio da ACIARP (Associação Comercial, Industrial e Agrícola da cidade) aos comércios e prestadores de serviço. 

A partir de hoje devem ser suspensasas atividades de bares, restaurantes academias, quitandas, estabelecimentos de estética. Estão permitidos apenas funcionamentos de mercados, supermercados e farmácias. 

Atividades que não puderem ser suspensas deverão adotar medidas rigorosas de segurança e saúde – disponibilizar álcool gel 70% para higienização de mãos dos consumidores e funcionários; redução do número de funcionários, com dispensa de profissionais com mais de 60 anos, gestantes e doentes crônicos; deixar áreas internas com ventilação adequada; manter rígida higiene pessoal e dos estabelecimentos. As orientações também são válidas às instituições que atuam no acolhimento de idosos, os asilos. Medidas internas foram adotadas pela Prefeitura para reduzir a circulação de pessoas em espaços públicos e de atendimento – para garantir a segurança de funcionários e da população. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;