Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 26 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Noite de choro quebra jejum de um ano


Gislaine Gutierre
Do Diário do Grande ABC

04/04/2007 | 07:04


Após um ano de ausência dos palcos, a Camerata do Choro volta a se apresentar em Santo André. O show, com entrada franca, será realizado nesta quarta-feira, às 20h, no Saguão do Teatro Municipal, dentro da série Quartas Musicais.

Lamentos, de Pixinguinha; Pedacinho do Céu, de Waldyr Azevedo; Cochichando e Doce de Coco, de Jacob do Bandolim; e Carinhoso, de Pixinguinha, são algumas das músicas conhecidas e prometidas pelo grupo para a apresentação de hoje.

A execução de clássicos do gênero, com novos arranjos, é a proposta principal da Camerata, que surgiu há quatro anos, com apoio da Secretaria de Cultura da cidade. Na época, 25 pessoas formavam o grupo. Boa parte era constituída por iniciantes e profissionais de outros ramos que tocavam por paixão pela música e pelo choro.

O grupo fez várias apresentações em Santo André, em Paranapiacaba, Embu e São Paulo. Com o tempo, porém, os ensaios deixaram de ser no Teatro Municipal. Manter um grupo com tanta gente começou a dificultar a contratação de shows, dado o custo. Daí, a necessidade de uma pausa para reestruturar o trabalho.

Hoje, a Camerata tem 15 integrantes: três violões, um bandolim, quatro cavaquinhos, uma flauta, um acordeom, três pandeiros, um surdo e um tamborim. O maestro arranjador é Joca, que também toca violão no grupo.

Segundo o líder, especialmente hoje, a Camerata contará com a participação especial da cantora Rosa, que interpretará as músicas Valsinha, de Chico Buarque; Naquela Mesa, de Sérgio Bittencourt, e Nossa Ilusão, de Claudionor Cruz.

“Quando tocamos músicas bem conhecidas, como Carinhoso e Naquela Mesa, as pessoas acabam cantando junto. Elas participam”, diz Joca. A idéia da Camerata, este ano, é voltar com força total e Joca já tem em mente a idéia de convocar um solista diferente a cada nova apresentação, ainda sem data definida.

Camerata do Choro – Show, com participação da cantora Rosa do Joca. Nesta quarta-feira, às 20h. No Saguão do Teatro Municipal de Santo André – Paço Municipal, s/nº. Tel.: 4433-0789. Entrada franca.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Noite de choro quebra jejum de um ano

Gislaine Gutierre
Do Diário do Grande ABC

04/04/2007 | 07:04


Após um ano de ausência dos palcos, a Camerata do Choro volta a se apresentar em Santo André. O show, com entrada franca, será realizado nesta quarta-feira, às 20h, no Saguão do Teatro Municipal, dentro da série Quartas Musicais.

Lamentos, de Pixinguinha; Pedacinho do Céu, de Waldyr Azevedo; Cochichando e Doce de Coco, de Jacob do Bandolim; e Carinhoso, de Pixinguinha, são algumas das músicas conhecidas e prometidas pelo grupo para a apresentação de hoje.

A execução de clássicos do gênero, com novos arranjos, é a proposta principal da Camerata, que surgiu há quatro anos, com apoio da Secretaria de Cultura da cidade. Na época, 25 pessoas formavam o grupo. Boa parte era constituída por iniciantes e profissionais de outros ramos que tocavam por paixão pela música e pelo choro.

O grupo fez várias apresentações em Santo André, em Paranapiacaba, Embu e São Paulo. Com o tempo, porém, os ensaios deixaram de ser no Teatro Municipal. Manter um grupo com tanta gente começou a dificultar a contratação de shows, dado o custo. Daí, a necessidade de uma pausa para reestruturar o trabalho.

Hoje, a Camerata tem 15 integrantes: três violões, um bandolim, quatro cavaquinhos, uma flauta, um acordeom, três pandeiros, um surdo e um tamborim. O maestro arranjador é Joca, que também toca violão no grupo.

Segundo o líder, especialmente hoje, a Camerata contará com a participação especial da cantora Rosa, que interpretará as músicas Valsinha, de Chico Buarque; Naquela Mesa, de Sérgio Bittencourt, e Nossa Ilusão, de Claudionor Cruz.

“Quando tocamos músicas bem conhecidas, como Carinhoso e Naquela Mesa, as pessoas acabam cantando junto. Elas participam”, diz Joca. A idéia da Camerata, este ano, é voltar com força total e Joca já tem em mente a idéia de convocar um solista diferente a cada nova apresentação, ainda sem data definida.

Camerata do Choro – Show, com participação da cantora Rosa do Joca. Nesta quarta-feira, às 20h. No Saguão do Teatro Municipal de Santo André – Paço Municipal, s/nº. Tel.: 4433-0789. Entrada franca.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;