Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 1 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Caos na Lions piora
a partir de janeiro

Prefeitura irá bloquear cruzamento com a Avenida Senador
Vergueiro para construir um viaduto; a data não foi definida


Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

12/12/2011 | 07:00


O cruzamento entre as avenidas Lions e Senador Vergueiro, em São Bernardo, deverá ser interditado a partir de janeiro por conta das obras de rebaixamento da Lions, via que compõe o Corredor ABD. O motivo do bloqueio é a construção de viaduto sobre a futura pista expressa da Lions, cuja previsão de entrega é para março.

 

A estimativa é de que a intersecção permaneça obstruída por cerca de dois meses, o que deve prejudicar ainda mais o trânsito na Vergueiro. Segundo a Prefeitura, passam pelo cruzamento cerca de 5.000 veículos pelo cruzamento nos horários de pico, em dias úteis.

 

O secretário municipal de Transportes, Oscar Silveira Campos, informa que o bloqueio será feito depois que os outros dois viadutos que irão sobrepor a Lions - na Rua Brasil e Avenida Vivaldi - estiverem prontos. "Com isso, vamos desviar o trânsito da Vergueiro para a Vivaldi, para que a travessia possa ser feita." Segundo Campos, o viaduto da Rua Brasil já está sendo feito. O motorista que estiver no bairro do Rudge Ramos pode utilizar como alternativa a Avenida Caminho do Mar.

 

Depois de concluídos, os viadutos darão à pista rebaixada característica de via expressa, ou seja, sem semáforos. Os sinais serão colocados apenas na pista superior, que será usada para o trânsito local. A nova avenida terá aspecto semelhante à Perimetral, em Santo André.

 

PRAZO

Inicialmente, o prazo divulgado pela Prefeitura para entrega das pistas rebaixadas era dezembro deste ano. O secretário de Transportes informa que o principal motivo do atraso foram os impasses nas desapropriações de quase 80 imóveis ao longo do traçado. Segundo Campos, ainda faltam ser executadas três desapropriações. Outro problema encontrado foi a contaminação do solo no cruzamento com a Vergueiro, onde funcionava um posto de combustíveis. "Tivemos que esperar um laudo da Cetesb, que demorou 40 dias para ficar pronto. Só aí tivemos a orientação do que fazer para dar destinação correta à terra."

 

O titular da Pasta informa que 70% dos trabalhos na via já foram concluídos. "Antes de a gente ver o buraco sendo feito, tem uma parte muito importante, que é a parede de diafragma. Esta parede vai sendo cravada e concretada por baixo da terra", explica. O objetivo do muro é dar contenção à pressão lateral e garantir a segurança das pistas superiores. "Agora o pessoal termina a escavação e já aparece a parede pronta", acrescenta.

 

A futura pista rebaixada terá extensão de aproximadamente 700 metros. O investimento aplicado na obra é de R$ 25 milhões, que foram financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento. Em agosto de 2010, a Prefeitura entregou o Viaduto Rotary, que liga a Lions à Avenida Prestes Maia, em Santo André.

 

Prefeitura lançará plano para desafogar região central

Com objetivo de reduzir os congestionamentos na região central de São Bernardo, a Prefeitura deve lançar nos próximos meses o programa Via Livre. O secretário de Transportes, Oscar Silveira Campos, espera reduzir em 20% o número de veículos que circulam no entorno do Paço Municipal. "Hoje, tudo passa por lá. O objetivo é fazer com que os carros não tenham que passar obrigatoriamente pelo Paço." Campos espera lançar o programa ainda no período de férias escolares.

 

Uma das medidas adotadas será o fechamento do retorno entre a Praça Samuel Sabatini, o Paço e a Guarda Civil, para carros de passeio. Por lá passarão apenas ônibus. Veículos comuns deverão pegar o início da Rua Jurubatuba e retornar pela Rua Maurício Caetano de Castro, em frente à rodoviária. "A ideia é diminuir a confusão de veículos."

 

O primeiro quarteirão da Rua dos Vianas vai virar mão única, passando a ser proibida conversão de quem está no Paço para a via. Para o motorista que vier da Faria Lima, a opção será a Avenida Pery Ronchetti e a conversão à esquerda na Rua Valdemar Campanha, em frente ao sacolão.

 

Também será reduzido o número de linhas de ônibus que circulam pela Avenida Lucas Nogueira Garcez, cerca de 30, atualmente. Campos informa que dez linhas serão transferidas para o binário entre as avenidas Índico e Redenção.

 

A última medida prevista é a proibição de estacionamentos na via em trecho de aproximadamente um quilômetro na Rua Marechal Deodoro, desde a Rua Padre Lustosa até o Paço. A Prefeitura estuda estender a proibição à Jurubatuba. "Mas para fazermos isso, teríamos que criar algum bolsão de estacionamento", acrescenta o secretário.

 

Novo viaduto será entregue em março

A Prefeitura de São Bernardo pretende inaugurar em março o viaduto Moyses Cheid, no Km 22,5 da Via Anchieta. Construído na década de 1970, o elevado não foi concluído, ficando abandonado desde então. Executada pela empresa Heleno e Fonseca, a revitalização foi iniciada em junho e inclui a construção de duas alças de acesso. O contrato assinado foi de R$ 100 milhões e inclui pacote com mais 19 obras definidas em plenárias do Orçamento Participativo.

 

Por ser estreito, o viaduto irá comportar apenas um sentido de circulação, o de quem vai em direção ao bairro dos Casa. O secretário de Transportes, Oscar Silveira Campos, informa que foram feitas oito desapropriações no bairro Ferrazópolis para a construção do acesso. O titular da Pasta acrescenta que, após a inauguração, serão fechados os cruzamentos no trevo do Km 23, em frente à portaria principal da Volkswagen. "O trânsito naquele ponto ficará muito mais rápido e seguro."

 

OUTROS VIADUTOS

A administração municipal espera iniciar em 2012 a construção de três novos elevados. Os dois prioritários serão na Avenida José Odorizzi, no bairro Assunção. Um deles irá eliminar o cruzamento da via com a Robert Kennedy, enquanto o segundo irá ligar a avenida com a Estrada Samuel Aizemberg, passando sobre a Avenida Humberto de Alencar Castello Branco.

 

O terceiro será duplicação do Viaduto Tereza Delta, no Km 20,5 da Rodovia Anchieta. Segundo o secretário, a documentação para aprovação da obra já está providenciada. "Esse projeto já foi feito lá atrás, só não foi concluído", explica. Também serão feitas novas alças de acesso.

 

Os três viadutos serão feitos com verba do Programa de Aceleração do Crescimento Mobilidade, que irá destinar R$ 280 milhões ao município. A previsão de conclusão das intervenções é 2013.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Caos na Lions piora
a partir de janeiro

Prefeitura irá bloquear cruzamento com a Avenida Senador
Vergueiro para construir um viaduto; a data não foi definida

Fábio Munhoz
Do Diário do Grande ABC

12/12/2011 | 07:00


O cruzamento entre as avenidas Lions e Senador Vergueiro, em São Bernardo, deverá ser interditado a partir de janeiro por conta das obras de rebaixamento da Lions, via que compõe o Corredor ABD. O motivo do bloqueio é a construção de viaduto sobre a futura pista expressa da Lions, cuja previsão de entrega é para março.

 

A estimativa é de que a intersecção permaneça obstruída por cerca de dois meses, o que deve prejudicar ainda mais o trânsito na Vergueiro. Segundo a Prefeitura, passam pelo cruzamento cerca de 5.000 veículos pelo cruzamento nos horários de pico, em dias úteis.

 

O secretário municipal de Transportes, Oscar Silveira Campos, informa que o bloqueio será feito depois que os outros dois viadutos que irão sobrepor a Lions - na Rua Brasil e Avenida Vivaldi - estiverem prontos. "Com isso, vamos desviar o trânsito da Vergueiro para a Vivaldi, para que a travessia possa ser feita." Segundo Campos, o viaduto da Rua Brasil já está sendo feito. O motorista que estiver no bairro do Rudge Ramos pode utilizar como alternativa a Avenida Caminho do Mar.

 

Depois de concluídos, os viadutos darão à pista rebaixada característica de via expressa, ou seja, sem semáforos. Os sinais serão colocados apenas na pista superior, que será usada para o trânsito local. A nova avenida terá aspecto semelhante à Perimetral, em Santo André.

 

PRAZO

Inicialmente, o prazo divulgado pela Prefeitura para entrega das pistas rebaixadas era dezembro deste ano. O secretário de Transportes informa que o principal motivo do atraso foram os impasses nas desapropriações de quase 80 imóveis ao longo do traçado. Segundo Campos, ainda faltam ser executadas três desapropriações. Outro problema encontrado foi a contaminação do solo no cruzamento com a Vergueiro, onde funcionava um posto de combustíveis. "Tivemos que esperar um laudo da Cetesb, que demorou 40 dias para ficar pronto. Só aí tivemos a orientação do que fazer para dar destinação correta à terra."

 

O titular da Pasta informa que 70% dos trabalhos na via já foram concluídos. "Antes de a gente ver o buraco sendo feito, tem uma parte muito importante, que é a parede de diafragma. Esta parede vai sendo cravada e concretada por baixo da terra", explica. O objetivo do muro é dar contenção à pressão lateral e garantir a segurança das pistas superiores. "Agora o pessoal termina a escavação e já aparece a parede pronta", acrescenta.

 

A futura pista rebaixada terá extensão de aproximadamente 700 metros. O investimento aplicado na obra é de R$ 25 milhões, que foram financiados pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento. Em agosto de 2010, a Prefeitura entregou o Viaduto Rotary, que liga a Lions à Avenida Prestes Maia, em Santo André.

 

Prefeitura lançará plano para desafogar região central

Com objetivo de reduzir os congestionamentos na região central de São Bernardo, a Prefeitura deve lançar nos próximos meses o programa Via Livre. O secretário de Transportes, Oscar Silveira Campos, espera reduzir em 20% o número de veículos que circulam no entorno do Paço Municipal. "Hoje, tudo passa por lá. O objetivo é fazer com que os carros não tenham que passar obrigatoriamente pelo Paço." Campos espera lançar o programa ainda no período de férias escolares.

 

Uma das medidas adotadas será o fechamento do retorno entre a Praça Samuel Sabatini, o Paço e a Guarda Civil, para carros de passeio. Por lá passarão apenas ônibus. Veículos comuns deverão pegar o início da Rua Jurubatuba e retornar pela Rua Maurício Caetano de Castro, em frente à rodoviária. "A ideia é diminuir a confusão de veículos."

 

O primeiro quarteirão da Rua dos Vianas vai virar mão única, passando a ser proibida conversão de quem está no Paço para a via. Para o motorista que vier da Faria Lima, a opção será a Avenida Pery Ronchetti e a conversão à esquerda na Rua Valdemar Campanha, em frente ao sacolão.

 

Também será reduzido o número de linhas de ônibus que circulam pela Avenida Lucas Nogueira Garcez, cerca de 30, atualmente. Campos informa que dez linhas serão transferidas para o binário entre as avenidas Índico e Redenção.

 

A última medida prevista é a proibição de estacionamentos na via em trecho de aproximadamente um quilômetro na Rua Marechal Deodoro, desde a Rua Padre Lustosa até o Paço. A Prefeitura estuda estender a proibição à Jurubatuba. "Mas para fazermos isso, teríamos que criar algum bolsão de estacionamento", acrescenta o secretário.

 

Novo viaduto será entregue em março

A Prefeitura de São Bernardo pretende inaugurar em março o viaduto Moyses Cheid, no Km 22,5 da Via Anchieta. Construído na década de 1970, o elevado não foi concluído, ficando abandonado desde então. Executada pela empresa Heleno e Fonseca, a revitalização foi iniciada em junho e inclui a construção de duas alças de acesso. O contrato assinado foi de R$ 100 milhões e inclui pacote com mais 19 obras definidas em plenárias do Orçamento Participativo.

 

Por ser estreito, o viaduto irá comportar apenas um sentido de circulação, o de quem vai em direção ao bairro dos Casa. O secretário de Transportes, Oscar Silveira Campos, informa que foram feitas oito desapropriações no bairro Ferrazópolis para a construção do acesso. O titular da Pasta acrescenta que, após a inauguração, serão fechados os cruzamentos no trevo do Km 23, em frente à portaria principal da Volkswagen. "O trânsito naquele ponto ficará muito mais rápido e seguro."

 

OUTROS VIADUTOS

A administração municipal espera iniciar em 2012 a construção de três novos elevados. Os dois prioritários serão na Avenida José Odorizzi, no bairro Assunção. Um deles irá eliminar o cruzamento da via com a Robert Kennedy, enquanto o segundo irá ligar a avenida com a Estrada Samuel Aizemberg, passando sobre a Avenida Humberto de Alencar Castello Branco.

 

O terceiro será duplicação do Viaduto Tereza Delta, no Km 20,5 da Rodovia Anchieta. Segundo o secretário, a documentação para aprovação da obra já está providenciada. "Esse projeto já foi feito lá atrás, só não foi concluído", explica. Também serão feitas novas alças de acesso.

 

Os três viadutos serão feitos com verba do Programa de Aceleração do Crescimento Mobilidade, que irá destinar R$ 280 milhões ao município. A previsão de conclusão das intervenções é 2013.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;