Fechar
Publicidade

Domingo, 5 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Congresso aprova Plano Plurianual 2004-2007


Do Diário OnLine

13/07/2004 | 17:15


O Congresso aprovou na tarde desta terça-feira o PPA (Plano Plurianual) 2004-2007. A matéria, que teve como relator o senador Sibá Machado (PT-AC), mantém a meta de superávit primário em 4,25% ao ano até 2007. No total, o PPA prevê investimentos estratégicos de R$ 1,8 trilhão nos próximos quatro anos.

Antes da votação da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias), última matéria a ser analisada pelo Congresso antes do recesso parlamentar, os deputados e senadores votam 26 pedidos de créditos suplementares para projetos de ministérios e órgãos públicos. O presidente da Comissão de Orçamento, deputado Paulo Bernardo (PT-PR), revelou que a soma de todos os projetos é de R$ 6 bilhões. Há acordo para aprovar todos os pedidos.

Sete propostas de crédito já foram aprovadas, entre elas uma de R$ 299 milhões em favor do Ministério da Defesa para a compra de aviões. Parte dos recursos é destinado à compra do novo avião presidencial, que custará R$ 159 milhões. Como já era esperado, PSDB e PFL foram contrários à aprovação deste crédito.

Negociações - A base aliada do governo precisou trabalhar duro para conseguir votar o PPA e conquistar o apoio da oposição para a apreciação da LDO nesta terça. Na segunda-feira, foram liberados os R$ 280 milhões à prefeitura do Rio de Janeiro. A verba foi utilizada como motivo para que o deputado Rodrigo Maia (PFL-RJ) obstruísse a votação, marcada para o último dia 8 de julho (quinta-feira).



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;