Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 18 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Justiça rejeita ação de Morando contra Alex por abuso de poder

Campanha tucana tinha acionado rival por citação de encontro com secretária petista


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

21/10/2016 | 07:00


O juiz da 174ª Zona Eleitoral de São Bernardo, Gustavo Dall’Olio, rejeitou o pedido de liminar feito pela coligação São Bernardo de Novas Oportunidades, que tem o deputado estadual Orlando Morando (PSDB) como cabeça de chapa, contra a coligação Avança São Bernardo, representada pela candidatura a prefeito do deputado federal Alex Manente (PPS).

Morando queria enquadrar o rival por abuso de poder político alegando que o popular-socialista usou a máquina pública para fazer campanha quando disse que iria agendar reunião com a secretária de Saúde, Odete Carmen Gialdi (PT), para conversa com agentes de Saúde. A frase foi proferida por Alex durante encontro promovido pelo vereador petista José Ferreira.

Para Dall’Olio, “não há elementos fático-probatórios mínimos” no pedido feito pela campanha tucana contra o nome do PPS na eleição de São Bernardo. “Subtraindo as suposições, ilações e presunções, todas incompatíveis com a gravidade da ação de investigação judicial eleitoral, os fatos (...) não corporificam minimamente abuso de poder político.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;