Fechar
Publicidade

Domingo, 13 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Alunos usam a imaginação e incentivam economia de água

Marina Brandão/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Jovens abordam falta do recurso em países da África para ressaltar necessidade do consumo consciente


Leonardo Santos
Especial para o Diário

13/08/2016 | 07:00


Alunos da Unidade 2 do Instituto de Ensino Portinari, no Parque da Nações, em Santo André, manifestaram indignação sobre o desperdício de água durante o Desafio de Redação, ontem. Em sua décima edição, o concurso literário promovido pelo Diário estimula os estudantes a debaterem sobre o tema Água Não Nasce na Torneira.

A escrita ajuda os jovens a criarem repertório de vocabulários, a pesquisar e ampliar conhecimento e a contextualizar situações, de acordo com a professora de Redação Fabiana Lopes. “Eles trazem argumentos e concluem as ideias. Nunca houve tanto acesso como agora. A tecnologia, mesmo que criticada por muitos, traz mais criatividade à garotada”, salienta.

Com história que envolve reis, princesas, magia e água, a aluna do 9º ano do Ensino Fundamental, Sarah Gonçalves Garcia, 13 anos, é fã de histórias fictícias e usou a imaginação para passar sua mensagem. “Minha família mudou os hábitos após a crise hídrica. Serviu de reflexão”, comenta.

Após pesquisa, Otávio Misso, 11, do 7º ano, ressaltou em seu texto, em formato de reportagem, o drama de países que passam por situações piores. “Minha manchete era A água em 2030”, relata o aluno, que viajou para o futuro. “A situação no continente africano é bem mais complicada. Os brasileiros têm sorte de ainda poderem usar o recurso e deveriam se conscientizar.”

Com o apoio da Ecovias, Golden Square e Aesa (Associação das Empresas do Sistema de Transporte de Santo André), o Desafio de Redação segue nas instituições de ensino de Diadema e Mauá.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;