Fechar
Publicidade

Sábado, 25 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Hamilton se isola após contato com infectados pela covid-19, mas recusa teste

Reprodução/Instragram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


21/03/2020 | 11:08


O astro da Fórmula 1 Lewis Hamilton usou as suas redes sociais para comunicar que teve contato com duas pessoas infectadas pela covid-19, mas que, apesar disso, está bem. Por não apresentar sintomas, o piloto inglês optou por não realizar o teste. Segundo ele, há pessoas que precisam mais.

As duas pessoas infectadas pelo novo coronavírus e que tiveram contato com Hamilton são Sophie Trudeau, esposa do primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, e o ator Idris Elba. Eles e o piloto da Mercedes se encontraram em evento beneficente realizado em Londres, no dia 4 de março.

"Queria que vocês soubessem que estou bem, me sentindo saudável e treinando duas vezes por dia. Não tenho sintomas, e já se passaram 17 dias desde que vi Sophie e Idris. Estive em contato com Idris e fiquei feliz em saber que ele está bem. Falei com meu médico e verifiquei se precisava fazer um teste, mas a verdade é que há uma quantidade limitada de testes disponíveis e há pessoas que precisam mais do que eu, especialmente porque não apresentei nenhum sintoma", escreveu Hamilton em suas redes sociais.

O hexacampeão mundial revelou que se mantém em quarentena há mais de uma semana, desde que soube do cancelamento do GP da Austrália, que abriria a temporada 2020 da Fórmula 1.

"Então, o que fiz foi me manter isolado na semana passada. Na verdade, desde que o treino foi cancelado na última sexta-feira (dia 13) venho mantendo distância das pessoas", disse Hamilton.

No final da mensagem, Hamilton reforçou a importância do isolamento social e da higiene constante como medidas preventivas à pandemia do novo coronavírus, que já infectou mais de 270 mil pessoas ao redor do mundo.

"A coisa mais importante que todos podem fazer é permanecer otimistas, se distanciar socialmente o máximo que puder, se autoisolar, se necessário, e lavar regularmente as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;