Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Azulão chega aos 30 anos com possível afastamento de Nairo

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Presidente revela possibilidade de deixar comando para vice e garante apoio de Saul Klein


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

04/12/2019 | 07:00


O São Caetano completa hoje 30 anos de história em meio a momento bastante controverso, afinal, dentro de campo foi campeão pela primeira vez da Copa Paulista e, como recompensa, garantiu vaga na Série D do Campeonato Brasileiro. Por outro lado, financeiramente vive o pior momento da história, tendo passado por atrasos salariais e de direitos de imagem, processos e dívidas. E a figura que esteve nestes e em todos os outros momentos nessas três décadas, o presidente Nairo Ferreira de Souza admitiu que está cada vez mais madura a ideia em se afastar do comando do clube. E foi além: garantiu que o empresário e investidor Saul Klein segue no Azulão.

“Ele é nosso parceiro, sempre presente. Temos carinho grande por ele e vai estar conosco. Tem paixão grande pelo São Caetano, como eu. Sempre esteve comigo, em todos os momentos. E nunca nos abandonou. Tenho carinho e respeito pelo que fez e tem feito”, garantiu Nairo com exclusividade ao Diário. “Estou em momento de descansar, deixar meu vice (Roberto Campi) trabalhar e acompanhar por trás, colaborar de outra forma. É hora de dar uma paradinha. Mas este é meu pensamento, junto com familiares, para cuidar da saúde, respirar um pouco. Não há nada definido.”

O Pequeno Gigante, como foi conhecido, ganhou notoriedade a partir do fim dos anos 1990 e início dos 2000, sendo vice-campeão da Copa João Havelange, vice do Brasileirão, vice da Libertadores e campeão paulista, se mantendo por mais de uma década na elite estadual e nacional. Entretanto, nos últimos anos o Azulão desceu degraus. Tanto que, em 2020, retornará à Série A-2 do Paulista e disputará a Série D do Brasileiro.

“Mais um ano de São Caetano. São 30 de muita história, de alegrias e tristezas. Foi ano que começou com grande competição (Paulistão), na qual a gente esperava muito e houve o rebaixamento. Depois, reformulamos tudo e colhemos os frutos na Copa Paulista”, ponderou. “Mas foi um ano difícil, que a gente espera que termine logo. Passamos por uma crise que está no futebol brasileiro, não só no São Caetano. Seguimos com pés no chão, porque 2020 será muito importante. A Série A-2 se aproxima e depois teremos a Série D, para buscar novos horizontes.” 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;