Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

dmais@dgabc.com.br | 4435-8396

Pesquisa do Ciee diz que contratação de aprendizes e estagiários teve retração

Banco de Dados/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

20/06/2020 | 23:54


A pandemia da Covid-19, causada pelo novo coronavírus, continua a gerar crise na economia e na geração de serviços. O Ciee (Centro de Integração Empresa-Escola) tem analisado a movimentação dos contratos assinados com os jovens desde o período de quarentena voluntária pedida por governadores e prefeitos pelo País afora.

Segundo informações da associação, houve retração de 55,2% na contratação de aprendizes e estagiários entre a primeira e a última semanas de março. A quinzena inicial do mês teve cerca de 8.700 registros acertados. Na terceira semana, foi notada queda de 47,4% em comparação à anterior. Os últimos sete dias foram encerrados com pouco mais de 3.500 contratados. 

Nacionalmente, o maior impacto ocorreu na Capital e nos municípios da Grande São Paulo, sendo que essa área viu regressão de 22,4%. Apenas o Nordeste obteve crescimento no período (3,6%).

O estudo realizado pelo Ciee ainda mostra que o primeiro trimestre (janeiro a março) deste ano superou a projeção de 85 mil vagas abertas e registrou 108 mil oportunidades. Na temporada passada, no mesmo período, os números foram melhores e chegaram a 120 mil serviços. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pesquisa do Ciee diz que contratação de aprendizes e estagiários teve retração

Luís Felipe Soares
Do Diário do Grande ABC

20/06/2020 | 23:54


A pandemia da Covid-19, causada pelo novo coronavírus, continua a gerar crise na economia e na geração de serviços. O Ciee (Centro de Integração Empresa-Escola) tem analisado a movimentação dos contratos assinados com os jovens desde o período de quarentena voluntária pedida por governadores e prefeitos pelo País afora.

Segundo informações da associação, houve retração de 55,2% na contratação de aprendizes e estagiários entre a primeira e a última semanas de março. A quinzena inicial do mês teve cerca de 8.700 registros acertados. Na terceira semana, foi notada queda de 47,4% em comparação à anterior. Os últimos sete dias foram encerrados com pouco mais de 3.500 contratados. 

Nacionalmente, o maior impacto ocorreu na Capital e nos municípios da Grande São Paulo, sendo que essa área viu regressão de 22,4%. Apenas o Nordeste obteve crescimento no período (3,6%).

O estudo realizado pelo Ciee ainda mostra que o primeiro trimestre (janeiro a março) deste ano superou a projeção de 85 mil vagas abertas e registrou 108 mil oportunidades. Na temporada passada, no mesmo período, os números foram melhores e chegaram a 120 mil serviços. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;