Fechar
Publicidade

Domingo, 24 de Janeiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Caetano vai construir dois hospitais até 2012


Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

06/10/2010 | 07:10


São Caetano terá duas mini-unidades de atendimento destinadas a saúde do idoso até o final de 2012. O primeiro deles será o Centro de Tratamento Oncológico, destinado ao tratamento de câncer, que será construído na área do antigo prédio do Pronto-Socorro Municipal, no bairro Santa Paula. O centro disponibilizará aos pacientes, inclusive, o tratamento de quimioterapia.

O outro projeto destinado ao público da terceira idade é a URSI (Unidade de Referência em Saúde do Idoso), projeto que promete ser pioneiro no Grande ABC. "É um conceito de uma grande unidade policlínica geriátrica. Desta forma, teremos atendimento médico especializado para terceira idade. É a grande novidade da saúde pública e deve ser referência na cidade", ressaltou o prefeito José Auricchio Júnior.

O segundo mini-hospital de atendimento ao idoso deverá atender onde funcionava a Fapss (Faculdade Paulista de Serviço Social), na esquina da Avenida Paraíso com a Rua Visconde de Inhaúma, no bairro Nova Gerty. No novo centro médico os usuários poderão contar com um centro de reabilitação física específico e outro para tratamento odontológico, também destinado apenas ao público da terceira idade da cidade. A partir da conclusão do processo de licitação as obras deverão ficar prontas em até 12 meses.

AMPLIAÇÃO
Está prevista também para até 2012 a ampliação de pelo menos 40% do Complexo Hospitalar Maria e Marcia Braido, que depende da aprovação de crédito de R$ 30 milhões o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). O projeto anunciado em março prevê a construção de dois anexos: o Hospital da Mulher e outro que será conjunto de enfermarias de internação, com cinco andares.

NÚMEROS
Segundo dados do último Censo, em São Caetano há 25.624 idosos entre 60 anos, 80 anos ou mais e 15.508 idosos entre 50 e 59 anos. Atualmente, a cidade conta com quatro especialistas em geriatria situados nos quatro Centros da Terceira Idade, que oferecem atendimento médico e atividades físicas gratuitamente. Os centros têm, aproximadamente, 30 mil sócios. Para tornar-se usuária a pessoa precisa ter acima de 50 anos e realizar cadastro no local. Como sócio, poderá frequentar qualquer um centro da cidade e participar de atividades oferecidas em diversas áreas, como esporte, pintura, dança de salão e teatro.

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Caetano vai construir dois hospitais até 2012

Maíra Sanches
Do Diário do Grande ABC

06/10/2010 | 07:10


São Caetano terá duas mini-unidades de atendimento destinadas a saúde do idoso até o final de 2012. O primeiro deles será o Centro de Tratamento Oncológico, destinado ao tratamento de câncer, que será construído na área do antigo prédio do Pronto-Socorro Municipal, no bairro Santa Paula. O centro disponibilizará aos pacientes, inclusive, o tratamento de quimioterapia.

O outro projeto destinado ao público da terceira idade é a URSI (Unidade de Referência em Saúde do Idoso), projeto que promete ser pioneiro no Grande ABC. "É um conceito de uma grande unidade policlínica geriátrica. Desta forma, teremos atendimento médico especializado para terceira idade. É a grande novidade da saúde pública e deve ser referência na cidade", ressaltou o prefeito José Auricchio Júnior.

O segundo mini-hospital de atendimento ao idoso deverá atender onde funcionava a Fapss (Faculdade Paulista de Serviço Social), na esquina da Avenida Paraíso com a Rua Visconde de Inhaúma, no bairro Nova Gerty. No novo centro médico os usuários poderão contar com um centro de reabilitação física específico e outro para tratamento odontológico, também destinado apenas ao público da terceira idade da cidade. A partir da conclusão do processo de licitação as obras deverão ficar prontas em até 12 meses.

AMPLIAÇÃO
Está prevista também para até 2012 a ampliação de pelo menos 40% do Complexo Hospitalar Maria e Marcia Braido, que depende da aprovação de crédito de R$ 30 milhões o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). O projeto anunciado em março prevê a construção de dois anexos: o Hospital da Mulher e outro que será conjunto de enfermarias de internação, com cinco andares.

NÚMEROS
Segundo dados do último Censo, em São Caetano há 25.624 idosos entre 60 anos, 80 anos ou mais e 15.508 idosos entre 50 e 59 anos. Atualmente, a cidade conta com quatro especialistas em geriatria situados nos quatro Centros da Terceira Idade, que oferecem atendimento médico e atividades físicas gratuitamente. Os centros têm, aproximadamente, 30 mil sócios. Para tornar-se usuária a pessoa precisa ter acima de 50 anos e realizar cadastro no local. Como sócio, poderá frequentar qualquer um centro da cidade e participar de atividades oferecidas em diversas áreas, como esporte, pintura, dança de salão e teatro.

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;