Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 27 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

São Bernardo terá minirrodoanel


Rodrigo Cipriano
Do Diário do Grande ABC

19/02/2006 | 07:39


Para desafogar o trânsito do Centro, a Prefeitura de São Bernardo vai viabilizar um rodoanel municipal, induzindo o tráfego para grandes corredores no entorno das atuais artérias viárias saturadas da cidade, como a avenida Brigadeiro Faria Lima. O minirrodoanel correrá pelas extremidades do município e aproveitará corredores já construídos. Na lista estão avenidas como Lauro Gomes, Taboão, Maria Servidei Demarchi, Senador Vergueiro e Luiz Pequini. Para o circuito, que será indentificado por placas, serão desviados caminhões e outros veículos que hoje cortam São Bernardo pelas ruas do Centro. As avenidas que integrarão o minirrodoanel manterão acesso com as vias secundárias dos bairros.

O minirrodoanel está entre as intervenções previstas no programa de reestruturação da malha viária de São Bernardo. O pacote está orçado em US$ 254 milhões, mais de meio bilhão de reais ao câmbio da última sexta-feira. A maior fatia do dinheiro será bancada pelo BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento). Como contrapartida, a Prefeitura arcará com US$ 110 milhões. O programa prevê 800 intervenções em toda cidade, que, juntas, compõem 25 grandes obras. A previsão é de que a malha viária de São Bernardo seja capacitada para os próximos 25 anos.

Parte das melhorias se concentra nos corredores que compõem o anel viário. Para comportar o fluxo que será desviado para o circuito serão duplicadas as estradas Galvão Bueno e dos Alvarenga, na zona Sul da cidade; o mesmo ocorrerá com a avenida Pery Ronchetti, na região central de São Bernardo. Já perto da divisa com São Caetano, será aberta uma nova alça entre as avenidas Dr. Rudge Ramos e Guido Aliberti, que formará um binário com a estrada das Lágrimas, que por sua vez passará a operar em um só sentido.

A avenida Lauro Gomes, que encontra a estrada das Lágrimas, será dividida ao meio e seguirá nos dois sentidos em toda sua extensão. Já no Centro da cidade, a avenida Aldino Pinotti, passarela das escolas de samba no Carnaval, será concluída e seguirá até a praça Samuel Sabatini, onde fica o paço municipal. A obra de maior impacto que será realizada para compor o circuito é também a mais polêmica: a abertura de uma nova pista entre as avenidas Robert Kennedy e 31 de Março.

O corredor ficará sobre o ribeirão dos Couros, um dos principais focos de enchentes no Grande ABC em dias de chuva forte. A construção da nova pista inclui a retificação e canalização do braço d‘água, o que aumenta a vazão, eliminando pontos de retenção da água. Os riscos estão no possível comprometimento da pista em caso de alagamento e na dificuldade de limpeza da calha.

A reportagem de hoje abre série do Diário sobre o programa de reestruturação viária de São Bernardo.   



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;