Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 26 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Governador do RS quer frente de centro-esquerda com PPS e PDT


Da AE

19/02/2006 | 07:56


O governador do Rio Grande do Sul, Germano Rigotto (PMDB), afirmou no sábado que sua possível candidatura à Presidência da República deve viabilizar uma frente de centro-esquerda para combater uma polarização entre PT e PSDB nas eleições de outubro. Rigotto disse que líderes do PPS e do PDT são simpáticos ao seu nome como candidato peemedebista e que a coligação deve ser viabilizada caso ele seja o escolhido do partido nas prévias de 19 de março. "Quero comandar uma coligação de centro-esquerda, já que os líderes desse partidos sinalizaram que devem me apoiar", afirmou o governador, que fez campanha em Araraquara e Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, para que seu nome seja escolhido nas prévias do PMDB.

Orestes Quércia, ex-governador paulista e cabo eleitoral de Rigotto nas prévias do PMDB, criticou o ex-governador do Rio de Janeiro Anthony Garotinho, adversário do governador gaúcho na escolha interna do candidato. "O Rigotto tem história e o apoio das lideranças do partido. O outro (Garotinho) divide o partido e seria muito ruim para o PMDB se fosse escolhido", disse Quércia. 



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;