Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 1 de Dezembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Rede social expõe políticos da região


Cynthia Tavares
do Diário do Grande ABC

19/09/2011 | 07:20


Cada vez mais os políticos do Grande ABC aderem ao Facebook. Na mesma proporção, no entanto, vereadores, deputados e prefeitos ficam expostos a situações constrangedoras por utilizarem a ferramenta.

Em pouco mais de quatro meses na rede social, o vice-prefeito de Ribeirão Pires, Edinaldo de Menezes, o Dedé (PPS), já beira os cinco mil amigos. "Como jornalista acredito nos meios de comunicação. Os eleitores precisam de uma ferramenta deste tipo, pois além de facilitar, aproxima os munícipes da gente", afirma.

Mas juntamente com a exposição vem a cobrança. Não é raro ver pessoas reclamando de algum serviço prestado na cidade. Ao colocar link para reportagem do Diário sobre construção de um mercadão municipal, na área da antiga rodoviária, o vice não foi poupado de críticas. "Aê prefeitão,vamos investir em educação,saúde e segurança????Q (sic) acha?", enviou uma munícipe.

As murmurações mais comuns giram em torno de melhorias para a cidade. O perfil do presidente da Câmara de Ribeirão Pires, Gerson Constantino (PV), é prova disso. Na semana passada, uma moradora do Parque Aliança reclamou da falta de iluminação no bairro. O vereador respondeu e pediu que ela fosse até à Câmara procurá-lo.

Passados alguns dias da reivindicação, a contribuinte voltou a usar o Facebook para criticar Gerson. "Ai ai e vc (sic) sabe que eu também acredito em papai noel...", escreveu em uma das postagens. Ao Diário, o parlamentar explicou que estava fora da cidade quando leu a reclamação. "Contatei meu pessoal, mas estava fora. Não uso meu Facebook para debater, mas para informar. Passo o que ocorre no meu cotidiano. O trabalho é na sinceridade", defende.

O tom eleitoral também ganha espaço dentro do mundo virtual. Recentemente, um eleitor de Diadema colocou o vereador Lauro Michels (recém expulso do PSDB) numa saia justa. "Boa tarde. Vc (sic) vai ser um dos candidatos a prefeitura de Diadema?? Abraços", escreveu. A publicação ficou sem resposta. "O político tem de saber conviver com isso", pondera. O parlamentar busca espaço em outras legendas para concorrer ao Paço no ano que vem.

Curtir - O presidente da Câmara de São Bernardo, Hiroyuki Minami (PSDB), é conhecido pelo seu bom humor no Facebook. Na sexta-feira, o tucano comentou vídeo de música heavy metal postado por um amigo na rede. "Baita Metal em (sic), bacana. Tenha um ótimo fim de semana!", escreveu.

Números - Estima-se que 30 milhões de pessoas utilizem o Facebook no Brasil. A rede social idealizada pelo norte-americano Mark Zuckerberg ultrapassou o Orkut, ex-líder absoluto na área, com 28,8 milhões.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Rede social expõe políticos da região

Cynthia Tavares
do Diário do Grande ABC

19/09/2011 | 07:20


Cada vez mais os políticos do Grande ABC aderem ao Facebook. Na mesma proporção, no entanto, vereadores, deputados e prefeitos ficam expostos a situações constrangedoras por utilizarem a ferramenta.

Em pouco mais de quatro meses na rede social, o vice-prefeito de Ribeirão Pires, Edinaldo de Menezes, o Dedé (PPS), já beira os cinco mil amigos. "Como jornalista acredito nos meios de comunicação. Os eleitores precisam de uma ferramenta deste tipo, pois além de facilitar, aproxima os munícipes da gente", afirma.

Mas juntamente com a exposição vem a cobrança. Não é raro ver pessoas reclamando de algum serviço prestado na cidade. Ao colocar link para reportagem do Diário sobre construção de um mercadão municipal, na área da antiga rodoviária, o vice não foi poupado de críticas. "Aê prefeitão,vamos investir em educação,saúde e segurança????Q (sic) acha?", enviou uma munícipe.

As murmurações mais comuns giram em torno de melhorias para a cidade. O perfil do presidente da Câmara de Ribeirão Pires, Gerson Constantino (PV), é prova disso. Na semana passada, uma moradora do Parque Aliança reclamou da falta de iluminação no bairro. O vereador respondeu e pediu que ela fosse até à Câmara procurá-lo.

Passados alguns dias da reivindicação, a contribuinte voltou a usar o Facebook para criticar Gerson. "Ai ai e vc (sic) sabe que eu também acredito em papai noel...", escreveu em uma das postagens. Ao Diário, o parlamentar explicou que estava fora da cidade quando leu a reclamação. "Contatei meu pessoal, mas estava fora. Não uso meu Facebook para debater, mas para informar. Passo o que ocorre no meu cotidiano. O trabalho é na sinceridade", defende.

O tom eleitoral também ganha espaço dentro do mundo virtual. Recentemente, um eleitor de Diadema colocou o vereador Lauro Michels (recém expulso do PSDB) numa saia justa. "Boa tarde. Vc (sic) vai ser um dos candidatos a prefeitura de Diadema?? Abraços", escreveu. A publicação ficou sem resposta. "O político tem de saber conviver com isso", pondera. O parlamentar busca espaço em outras legendas para concorrer ao Paço no ano que vem.

Curtir - O presidente da Câmara de São Bernardo, Hiroyuki Minami (PSDB), é conhecido pelo seu bom humor no Facebook. Na sexta-feira, o tucano comentou vídeo de música heavy metal postado por um amigo na rede. "Baita Metal em (sic), bacana. Tenha um ótimo fim de semana!", escreveu.

Números - Estima-se que 30 milhões de pessoas utilizem o Facebook no Brasil. A rede social idealizada pelo norte-americano Mark Zuckerberg ultrapassou o Orkut, ex-líder absoluto na área, com 28,8 milhões.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;