Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 6 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Bush conversa sobre Argentina com Blair e Aznar


Do Diário OnLine

03/08/2001 | 12:08


O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, conversou com o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, e com o premiê da Espanha, Jose Maria Aznar, sobre formas de apoiar o atual programa de empréstimos do Fundo Monetário Internacional (FMI) para a Argentina.

Os três líderes, no entanto, não teriam conversado sobre a ampliação de empréstimos à Argentina e nem cogitaram a hipótese dos Estados Unidos oferecerem uma ajuda bilateral ao país.

Na Argentina, o secretário de Finanças Daniel Marx afirmou que a visita do secretário do Tesouro americano, John Taylor, representa um oportunidade para superar as dificuldades econômicas.

Marx disse ainda que o próximo desembolso do FMI ao governo argentino será de US$ 1,25.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Bush conversa sobre Argentina com Blair e Aznar

Do Diário OnLine

03/08/2001 | 12:08


O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, conversou com o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, e com o premiê da Espanha, Jose Maria Aznar, sobre formas de apoiar o atual programa de empréstimos do Fundo Monetário Internacional (FMI) para a Argentina.

Os três líderes, no entanto, não teriam conversado sobre a ampliação de empréstimos à Argentina e nem cogitaram a hipótese dos Estados Unidos oferecerem uma ajuda bilateral ao país.

Na Argentina, o secretário de Finanças Daniel Marx afirmou que a visita do secretário do Tesouro americano, John Taylor, representa um oportunidade para superar as dificuldades econômicas.

Marx disse ainda que o próximo desembolso do FMI ao governo argentino será de US$ 1,25.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;