Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 10 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Família abandona cachorros em Mauá

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Vizinhos afirmam que aguardaram por mais de um mês que Prefeitura resgatasse os bichos


Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

13/02/2021 | 07:00


Uma família que morava no Jardim Zaíra, em Mauá, se mudou e deixou para trás ao menos quatro cachorros, presos dentro da casa. Os vizinhos notaram os animais abandonados e estavam colocando água e ração pelas janelas. Segundo relatos, por mais de um mês foram feitas solicitações ao setor de bem-estar animal da Prefeitura de Mauá, mas apenas após o contato do Diário os bichos foram resgatados.

Uma vizinha que não quis ser identificada relatou que acompanhou a chegada da família, no começo de outubro. Na época, o casal tinha dois filhos, três cachorros, uma gata com três filhotes e duas calopsitas. Essa vizinha chegou a ajudar por algum tempo com ração, levou a gata para castrar, mas soube por outros vizinhos que os animais estavam sendo vítimas de maus tratos.

Há cerca de um mês e meio, o chefe da família foi preso por agredir a mulher e as crianças. Com isso a mulher se mudou com os filhos, deixando todos os bichos para trás. Desde então, a vizinha tentava que a Prefeitura de Mauá tomasse alguma providência e em 17 de janeiro fez uma postagem na rede social denunciando o problema.

A Prefeitura de Mauá foi questionada sobre os chamados e afirmou que a Secretaria de Verde e Meio Ambiente já vinha monitorando a situação há pelo menos duas semanas, após contato de ativistas da causa animal, embora não houvesse nenhum registro formal de reclamação.

De acordo com o comunicado, com a dificuldade em encontrar os moradores, na tarde de quarta-feira equipes da secretaria e agente da GCM (Guarda Civil Municipal) fizeram o resgate de três dos quatro cães que estavam na casa, pois a veterinária que acompanhava os trabalhos constatou a situação de maus tratos. Os bichos foram levados para a unidade de bem-estar UPA (Unidade Pronto Atendimento) Animal, onde ficarão em observação caso algum dono apareça. Se isso não ocorrer, os cães serão encaminhados para adoção.

Ainda segundo o comunicado, o quarto animal, uma fêmea da raça pitbull, estava em um cômodo isolado da casa e, como mostrou comportamento agressivo e ofereceu risco aos agentes, ficou decidido pela realização do resgate com o apoio da Polícia Militar.

A reportagem apurou que a dona dos cachorros foi até a UPA Animal para reaver os bichos, foi conduzida para a delegacia sob a acusação de maus tratos, mas não foi detida. A moradora foi multada – o valor não foi revelado –, mas informou que não ficaria com os animais resgatados.
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Família abandona cachorros em Mauá

Vizinhos afirmam que aguardaram por mais de um mês que Prefeitura resgatasse os bichos

Aline Melo
Do Diário do Grande ABC

13/02/2021 | 07:00


Uma família que morava no Jardim Zaíra, em Mauá, se mudou e deixou para trás ao menos quatro cachorros, presos dentro da casa. Os vizinhos notaram os animais abandonados e estavam colocando água e ração pelas janelas. Segundo relatos, por mais de um mês foram feitas solicitações ao setor de bem-estar animal da Prefeitura de Mauá, mas apenas após o contato do Diário os bichos foram resgatados.

Uma vizinha que não quis ser identificada relatou que acompanhou a chegada da família, no começo de outubro. Na época, o casal tinha dois filhos, três cachorros, uma gata com três filhotes e duas calopsitas. Essa vizinha chegou a ajudar por algum tempo com ração, levou a gata para castrar, mas soube por outros vizinhos que os animais estavam sendo vítimas de maus tratos.

Há cerca de um mês e meio, o chefe da família foi preso por agredir a mulher e as crianças. Com isso a mulher se mudou com os filhos, deixando todos os bichos para trás. Desde então, a vizinha tentava que a Prefeitura de Mauá tomasse alguma providência e em 17 de janeiro fez uma postagem na rede social denunciando o problema.

A Prefeitura de Mauá foi questionada sobre os chamados e afirmou que a Secretaria de Verde e Meio Ambiente já vinha monitorando a situação há pelo menos duas semanas, após contato de ativistas da causa animal, embora não houvesse nenhum registro formal de reclamação.

De acordo com o comunicado, com a dificuldade em encontrar os moradores, na tarde de quarta-feira equipes da secretaria e agente da GCM (Guarda Civil Municipal) fizeram o resgate de três dos quatro cães que estavam na casa, pois a veterinária que acompanhava os trabalhos constatou a situação de maus tratos. Os bichos foram levados para a unidade de bem-estar UPA (Unidade Pronto Atendimento) Animal, onde ficarão em observação caso algum dono apareça. Se isso não ocorrer, os cães serão encaminhados para adoção.

Ainda segundo o comunicado, o quarto animal, uma fêmea da raça pitbull, estava em um cômodo isolado da casa e, como mostrou comportamento agressivo e ofereceu risco aos agentes, ficou decidido pela realização do resgate com o apoio da Polícia Militar.

A reportagem apurou que a dona dos cachorros foi até a UPA Animal para reaver os bichos, foi conduzida para a delegacia sob a acusação de maus tratos, mas não foi detida. A moradora foi multada – o valor não foi revelado –, mas informou que não ficaria com os animais resgatados.
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;