Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 30 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Planos de saúde podem ficar mais caros a partir de maio



18/04/2003 | 00:00


A ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar) anunciou quinta-feira que o índice de reajuste anual dos planos de saúde individuais e familiares será de no máximo 9,27% neste ano. Os reajustes poderão ser feitos a partir do mês de maio até abril de 2004. Segundo a Agência, o índice máximo de reajuste é resultado da manutenção da política de limitar os reajustes dos planos individuais e familiares à média ponderada dos reajustes livremente negociados nos planos coletivos.

O índice de 9,27% é a média ponderada dos reajustes de 145 mil contratos coletivos que têm um total de 10,8 milhões de usuários. Esses contratos são de 448 operadores que atendem a 22 milhões de pessoas. Embora no setor de planos de saúde a renovação dos contratos seja anual e automática, a aplicação de índice de reajuste nas mensalidades dos planos individuais e familiares depende de autorização da Agência.

“Nenhuma operadora de planos de saúde será autorizada a reajustar as mensalidades de seus consumidores de planos individuais e familiares acima de 9,27% a partir de maio e até abril de 2004, nas renovações automáticas dos contratos”, assegurou o diretor presidente da ANS, Januário Montone.

Boleto – A ANS informou que no boleto de cobrança com o novo valor da mensalidade, a operadora de saúde deverá colocar o número do ofício da Agência que autoriza a aplicação do reajuste e qual foi o índice aplicado.

A Agência Nacional de Saúde colocará em seu endereço eletrônico (www.ans.gov.br), a lista de todas as operadoras que tiveram reajuste autorizado, atualizada diariamente, especificando os respectivos números de ofícios, datas de autorização, períodos de aplicação e índices de reajuste.



Quer receber em primeira mão as notícias das sete cidades do Grande ABC?

Entre no nosso grupo de WhatsApp. 
Clique aqui.
 

Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;