Fechar
Publicidade

Sábado, 6 de Março

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Lauro Michels admite falta de consenso na base governista

Nario Barbosa/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Prefeito de Diadema busca unidade em torno de Zé Dourado na disputa pela chefia da Câmara


Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

17/11/2014 | 07:00


O prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), disse ter dificuldade em conseguir o consenso da base governista para acertar apoio a candidatura à presidência da Câmara do líder do governo, Zé Dourado (PSDB). O verde, entretanto, afirmou que irá intensificar a articulação para concluir o plano e considerou o cenário positivo.

“Zé Dourado é nosso candidato. Ainda não temos o consenso em torno do nome dele, mas ainda tem tempo para discutirmos. Vou fazer as conversas necessárias, finalizar a articulação para vencer a disputa”, declarou o prefeito de Diadema.

O plano de Lauro é garantir, pelo menos, 12 dos 11 votos necessários para vencer a eleição interna do Legislativo. A avaliação do governo é que teria adesão imediata dos quatro parlamentares do PV – Albino Cardoso, Zé do Bloco, Milton Capel e Lúcio Araújo –, dos dois do PSDB – Zé Dourado e Atevaldo Leitão –, e tem buscado garantir a inserção dos três representantes do PR – Talabi Fahel, Zezito e Reinaldo Meira –, além da peemedebista Cida Ferreira.

João Gomes e Ricardo Yoshio do PR, que estavam distante do Paço, estão próximos de aderir ao plano de Lauro.

A articulação do governo tem objetivo de reverter a derrota na eleição do Legislativo de 2013, quando o oposicionista, Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT), conquistou a presidência da Casa. A oposição, por sua vez, cogita lançar um candidato. Célio Boi (PSB) tinha apoio dos seis vereadores do PT e dos dois socialistas, mas perdeu garantia por tentar conquistar apoio de Lauro na empreitada. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Lauro Michels admite falta de consenso na base governista

Prefeito de Diadema busca unidade em torno de Zé Dourado na disputa pela chefia da Câmara

Gustavo Pinchiaro
Do Diário do Grande ABC

17/11/2014 | 07:00


O prefeito de Diadema, Lauro Michels (PV), disse ter dificuldade em conseguir o consenso da base governista para acertar apoio a candidatura à presidência da Câmara do líder do governo, Zé Dourado (PSDB). O verde, entretanto, afirmou que irá intensificar a articulação para concluir o plano e considerou o cenário positivo.

“Zé Dourado é nosso candidato. Ainda não temos o consenso em torno do nome dele, mas ainda tem tempo para discutirmos. Vou fazer as conversas necessárias, finalizar a articulação para vencer a disputa”, declarou o prefeito de Diadema.

O plano de Lauro é garantir, pelo menos, 12 dos 11 votos necessários para vencer a eleição interna do Legislativo. A avaliação do governo é que teria adesão imediata dos quatro parlamentares do PV – Albino Cardoso, Zé do Bloco, Milton Capel e Lúcio Araújo –, dos dois do PSDB – Zé Dourado e Atevaldo Leitão –, e tem buscado garantir a inserção dos três representantes do PR – Talabi Fahel, Zezito e Reinaldo Meira –, além da peemedebista Cida Ferreira.

João Gomes e Ricardo Yoshio do PR, que estavam distante do Paço, estão próximos de aderir ao plano de Lauro.

A articulação do governo tem objetivo de reverter a derrota na eleição do Legislativo de 2013, quando o oposicionista, Manoel Eduardo Marinho, o Maninho (PT), conquistou a presidência da Casa. A oposição, por sua vez, cogita lançar um candidato. Célio Boi (PSB) tinha apoio dos seis vereadores do PT e dos dois socialistas, mas perdeu garantia por tentar conquistar apoio de Lauro na empreitada. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;