Fechar
Publicidade

Sábado, 10 de Abril

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

economia@dgabc.com.br | 4435-8057

Caminhoneiros fazem manifestação contra lockdown em São Paulo

André Henriques/DGABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Em São Caetano, ação está sendo realizada na Distribuidora de combustíveis localizada na Avenida dos Estados


Vanessa Soares
Do dgabc.com.br

05/03/2021 | 11:10


Atualizada às 13h59

Caminhoneiros realizam manifestação desde as primeiras horas desta sexta-feira (5) em diversos locais contra o governo João Doria (PSDB) e a decisão de colocar todo o Estado na fase vermelha, a mais rigorosa do Plano SP, que estabelece regras de convivência durante a pandemia da Covid-19. As novas restrições valem a partir deste sábado (6) e o objetivo é frear a transmissão do coronavírus e o número de internações e mortes pela doença.

Em São Caetano, o protesto está sendo realizado na Distribuidora de combustíveis localizada na Avenida dos Estados. No local, desde às 5h os caminhões não saem do pátio, que está lotado. Os motoristas que chegam no local não conseguem entrar no estacionamento e fila de veículos está sendo formada na avenida, provocando trânsito no trecho. De acordo com Wagner Souza, presidente do Regran (Sindicato Comércio Varejista Derivados Petróleo Abcdmrr), a base em São Caetano já foi liberada e as entregas e carregamentos seguirão com atrasos, mas serão concluídas. "O movimento parou a base em protesto contra o decreto da fase vermelha publicado hoje. A manifestação é contra isso", garantiu. 

Também foram registrados protestos na Marginal Tietê, na Capital, que ficou interditada durante cinco horas no sentido da Rodovia Ayrton Senna. O Terminal Varginha, na Zona Sul, foi outro local que reuniu os caminhoneiros. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Caminhoneiros fazem manifestação contra lockdown em São Paulo

Em São Caetano, ação está sendo realizada na Distribuidora de combustíveis localizada na Avenida dos Estados

Vanessa Soares
Do dgabc.com.br

05/03/2021 | 11:10


Atualizada às 13h59

Caminhoneiros realizam manifestação desde as primeiras horas desta sexta-feira (5) em diversos locais contra o governo João Doria (PSDB) e a decisão de colocar todo o Estado na fase vermelha, a mais rigorosa do Plano SP, que estabelece regras de convivência durante a pandemia da Covid-19. As novas restrições valem a partir deste sábado (6) e o objetivo é frear a transmissão do coronavírus e o número de internações e mortes pela doença.

Em São Caetano, o protesto está sendo realizado na Distribuidora de combustíveis localizada na Avenida dos Estados. No local, desde às 5h os caminhões não saem do pátio, que está lotado. Os motoristas que chegam no local não conseguem entrar no estacionamento e fila de veículos está sendo formada na avenida, provocando trânsito no trecho. De acordo com Wagner Souza, presidente do Regran (Sindicato Comércio Varejista Derivados Petróleo Abcdmrr), a base em São Caetano já foi liberada e as entregas e carregamentos seguirão com atrasos, mas serão concluídas. "O movimento parou a base em protesto contra o decreto da fase vermelha publicado hoje. A manifestação é contra isso", garantiu. 

Também foram registrados protestos na Marginal Tietê, na Capital, que ficou interditada durante cinco horas no sentido da Rodovia Ayrton Senna. O Terminal Varginha, na Zona Sul, foi outro local que reuniu os caminhoneiros. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;