Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 30 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Brasileiro, mas com DNA japonês

 Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Na contramão da proposta, colocamos o Suzuki Jimny para encarar o asfalto; parte de R$ 67.490


Vagner Aquino
Do Diário do Grande ABC

03/11/2017 | 07:16


Olhando, você não dá nada para o Suzuki Jimny. Afinal, trata-se de um jipinho compacto – 3,65 metros de comprimento e 1,60 metro de largura – e com visual carismático. Mas, na prática, este japonês feito no Brasil (mais precisamente na fábrica da Mitsubishi em Catalão, Goiás) é dotado de vasta capacidade off-road. Tudo isso é mérito de características como sistema de tração 4x4 com reduzida altura em relação ao solo, de 20 centímetros. Por essas e outras, não possui concorrente direto no mercado nacional. Alguns o comparam com o Troller T4, porém, seu valor já ronda R$ 100 mil, enquanto que o Jimny parte de R$ 67.490.

Como o Diário já avaliou o modelo em condições extremas (no comecinho de 2013), desta vez é hora de falar do comportamento em ambiente urbano. Evidentemente, seus 35 graus de ângulo de entrada superam até mesmo as valetas mais agressivas. Seus pneus do tipo ‘todo terreno’, feitos tanto para o asfalto quanto para locais acidentados, também superam com maestria os (diversos) buracos do péssimo asfalto das grandes cidades, assim como a suspensão independente com eixo rígido.

Na prática, a dirigibilidade poderia ser mais agradável. A relação de câmbio (manual de cinco marchas), por exemplo, é longa demais. O acabamento abusa do plástico, o porta-malas é mínimo e o espaço para os dois ocupantes traseiros é pequeno e de difícil acesso. Ainda assim, a lista de série do 4x4 mais barato do Brasil reúne bons itens de comodidade e, o melhor, sem cobrar muito por isso. Por R$ 76.690, o Jimny 4Sport (versão avaliada) vem com ar-condicionado, rodas de liga leve 15”, vidros elétricos, volante revestido em couro e toca-CDs com rádio, MP3, USB e auxiliar.

Dotado de propulsor (feito em alumínio) 1.3 a gasolina, com 85 cv, o utilitário não é dos mais fortes, mesmo porque seu torque máximo de 11.2 mkgf é entregue só aos 4.100 rpm. Não dá para esperar ótimo desempenho na cidade, mas que o Jimny rende comodidade invejável para um 4x4, isso é inegável. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.


Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;